A transformação do trabalho e do mercado de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1052 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A TRANSFORMAÇÃO DO TRABALHO E DO MERCADO DE TRABALHO

As mudanças tecnológicas, administrativas do trabalho e das relações de produção que envolve as empresas emergentes, tem sido tem sido o motivo principal de grandes transformações na sociedade em geral.
Através da informação massificada e do processo de globalização, tem gerado mudanças contraditórias dos padrões de trabalho, e emprega nasultimas décadas, como a individualização do trabalho e a fragmentação das sociedades.
Sendo que umas das expressões, de mudanças sistêmica mais direta é a transformação da estrutura, ocupacional ou da composição, das categorias profissionais e do emprego.
Existe uma variação histórica de modelo de mercados de trabalho, seguindo as instituições, a cultura e ambientes políticos especificam.
Osprincipais países capitalistas que constituem a cena da economia global, o G7, estão todos em estágio avançado, de transição a sociedade informacional, sendo novos modelos de mercado de trabalho.
As sociedades estão sendo informacionais, não porque se encaixem em um modelo específico, de estrutura social, mais porque organizam seu sistema produtivo em torno dos princípios de maximização daprodutividade baseada em conhecimentos por intermédio do desenvolvimento e da difusão das tecnologias da informação.
Para entender o novo tipo de economia e estrutura social, devemos começar pela caracterização dos diferentes tipos de serviços para estabelecer distinções claras entrem eles.
Quando se compreende a economia informacional, cada uma das categorias especifica de serviços se torna umadistinção tão importante a era da antiga fronteira entre indústrias e serviços no tipo anterior de economia industrial.
Não quer dizer que as indústrias, estejam desaparecendo ou a estrutura da dinâmica da atividade industrial sejam contrarias a saúde de uma economia de saúde de uma economia de serviços. Cohen E Zy’sman, entre outros garantiram que muitos dependeram da conexão direta com a indústriae que a atividade industrial diferente do emprego industrial é importantíssima para produtividade e competitividade da economia. Estamos de fato em um tipo diferente de economia industrial.
Embora os analistas proclamassem a desindustrialização dos Estados Unidos da América ou da Europa na década de 1980 não virou o que aconteceria no resto do mundo.
Segundo a OIT- 1989- o nível de empregosindustriais atingiu seu ponto Maximo, tendo aumento de 72% entre 1963 e 1989.
Embora entre 1970 e 1997 caísse de ( 19.367 milhões para 18.657 milhões), na Europa de (38.400 para 29.9197)
No Japão e outros principais países em processo de industrialização excederam em muitos as perdas no mundo desenvolvido.
O conceito de “serviços” muitas vezes é considera ambíguo, pois abraça tudo que não sejaagricultura, mineração construção, empresas de serviço público ou indústria.
Assim a categoria de serviços inclui atividades de todas as espécies, originarias de varias estruturas, sócias e sistemas produtivos.
Software para computadores, produção de vídeos, projetos de micro-eletrônica para agropecuária, com base em biotecnologia e muitos outros processos característicos da economiasavançadas, juntam seu conteúdo, juntam conteúdos de informações do suporte material do produto impossibilitando a distinção dos limites entre “Bens” e “Serviços”.
A expansão dos serviços relacionados a produção está ligada ao processo, de desintegração e terceirização que caracterizam a empresa informacional.
Os serviços sociais formam a 2º categoria de empregos, que de acordo com a literaturapós-industrial, caracteriza a nova sociedade.
Serviços de distribuição combinam comunicações, atividades relacionadas a todas as economias avançadas com o comercio no atacado e varejo, serviços de sociedade, menos industrializados, sendo um grande setor de empregos ainda.
Serviços pessoais são visto ao mesmo tempo como as remanescentes de uma estrutura proto-industrial e como a expansão do dualismo...
tracking img