A teoria cognitiva

Páginas: 11 (2511 palavras) Publicado: 10 de maio de 2013
TEORIA SOCIAL COGNITIVA



Este estudo apresenta algumas das idéias e pressupostos teóricos realizados sobre a teoria da aprendizagem, originadas a partir dos estudos construídos por Albert Bandura (1925). Bandura, propositor de uma versão do behaviorismo que inicialmente definiu como sociobehaviorismo e posteriormente chamou de abordagem cognitiva social, questionando a visão de Skinner(1904-1990) sobre a negação aos processos mentais e cognitivos no processo de aprendizagem do ser humano. O objetivo é contextualizar o leitor dos princípios e conceitos que embasam a prática da Terapia Cognitiva Comportamental (TCC), que focaliza o trabalho terapêutico sobre os fatores cognitivos, que estão na etiologia e na manutenção de determinado comportamento e hoje, vem sendo cada vez maisaplicada ao tratamento de diversos transtornos psicológicos.
Albert Bandura centralizou suas pesquisas no estudo do comportamento humano quando inserido no contexto social, dando valor a os processos cognitivos dos indivíduos. Para Bandura o homem não reage como uma maquina perante as influências do meio já que as reações a os estímulos são auto-ativadas. Bandura não vê o homem como um ser passivo,totalmente dominado por ações ambientais, mas sim como um ser influente em todos os processos. O comportamento não necessita ser diretamente reforçado para ser adquirido, o homem aprende e adquire experiências observando as conseqüências dentro do seu ambiente, assim como as vivências das pessoas a sua volta, considerando que pensamentos, conivência, crenças e expectativas fazem parte de umprocesso de reforçamento. Em alguns momentos a resposta habitual pode ser uma característica geral dos indivíduos dentro de determinada cultura, em outros momentos estas respostas podem ser idiossincráticas derivadas de experiências particulares e peculiares a um sujeito.


REGULAÇÃO E CONDICIONAMENTO VICÁRIO


Como já vimos antes, o processo de aprendizagem acontece por modelagem e não apenasvivenciando experiências diretamente. De acordo com Hall, Lindzey e Campebell (1978), Bandura afirma que este processo se dá pela observação do próprio comportamento e o comportamento alheio, obtendo informações relevantes as pessoas desenvolvem hipóteses sobre as prováveis conseqüências de produzir aquele comportamento no futuro. Nosso cérebro possuiu uma estrutura única que permite um deslocamentopara circunstancias futuras e a pergunta a cerca de nossos sentimentos quando estivermos lá.

Embora Bandura concordasse com Skinner sobre a possibilidade de mudar o comportamento humano por meio do reforço, também sugeriu que a aprendizagem por observação é mais segura do que o comportamento operante de Skinner. No condicionamento operante o sujeito sofre as conseqüências, diferentemente doaprendizado por condicionamento vicário no qual pode antecipar e avaliar os prós e os contras. O que importa não é diretamente o reforço, mas sim o que o individuo faz com este estímulo. O modelo de auto-regulação está relacionado com este tipo de aprendizagem, pois uma mudança voluntária de comportamento sempre será mediada pela percepção do sujeito a respeito de seu desempenho. Bandura prefere autilização do termo “regulação” em detrimento do termo classicamente utilizado por Skinner de “reforço”, pois um reforço funciona principalmente como “Uma operação informativa e motivacional, mais do que um reforçador mecânico de resposta” (BANDURA, 1977b, p.21). Deste modo, a natureza humana é vista como uma vasta potencialidade, a ser elaborada pela experiência vicária ou direta, em váriasformas dentro dos limites biológicos.
Bandura descreve a teoria do auto-reforço, que pode gerar emoções tanto negativas como positivas, pois acontece por comparação onde o individuo compara o seu comportamento com padrões internos, se julgar que o comportamento esta a altura de seus conceitos, pode haver um sentimento de satisfação, mas se não corresponde aos seus padrões, pode causar culpa,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • teoria cognitiva
  • Teoria cognitiva
  • teorias cognitivas
  • Teoria Cognitiva
  • Teoria cognitiva
  • Teoria cognitiva
  • teorias cognitivas
  • Teoria cognitiva

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!