A tarefa do cientista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2898 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A tarefa do cientista é descobrir os possíveis sentidos das ações humanas. O sentido por um lado, é expressão da motivação individual, formulado expressamente pelo agente ou implícito em sua conduta. O caráter social da ação individual decorre, segundo Weber, da interdependência dos indivíduos.
Ao cientista compete captar, o sentido produzido pelos diversos agentes em todas as suasconseqüências. Ele pode descobrir o nexo entre as várias etapas em que se decompõe a ação social.
É o indivíduo que, por meio dos valores sociais e de sua motivação, produz o sentido da ação social. O indivíduo não pode prever com certeza todas as conseqüências de determinada ação.
A análise sociológica não se confunde com a análise psicológica. O social só se manifesta em indivíduos, expressando-se sobforma de motivação interna e pessoal.
Para que se estabeleça uma relação social, é preciso que o sentido seja compartilhado. Ação social , ele tem um motivo e age em relação a outro indivíduo, mas tal motivo não é compartilhado.

A tarefa do cientista.

Weber relata que a maioria das proposições positivas: o evolucionismo, a exterioridade do cientista social em relação ao objeto deestudo, ou seja, as sociedades e a não aceitação da importância dos indivíduos e dos diferentes momentos históricos na análise da sociedade. A tarefa do cientista, para weber, era descobrir os possíveis sentidos da ação humana.
O cientista era como todo indivíduo em ação, também age guiado por seus motivos, sua cultura, sua tradição, sendo possível descarta-se, como propunha Durkheim, de suasprenoções.
Weber dizia que o cientista, como todo indivíduo em ação, age guiado por seus motivos, sua cultura, sua tradição. Para Weber a parcialidade na análise sociológica, intrínseca a pesquisa, como fonte maior do conhecimento.
As preocupações do cientista orientam a seleção e a relação entre os conhecimentos que o cientista percebe e cujas causas procura desvendar.
Portanto, para a sociologiaweberiana, os acontecimentos que integram o social tem origem nos indivíduos cientista pare de uma preocupação com significado subjetivo, tanto para ele como para os demais indivíduos que compõem a sociedade. Sua meta é compreender, buscar os nexos causais que dêem o sentido da ação social.
Qualquer que seja a perspectiva adotada por um cientista, ela será sempre parcial.



O tipo ideal.O tipo ideal é o instrumento chamado por Weber para atingir a explicação dos fatos sociais.
A partir de casos analisados individualmente, constrói-se um tipo teórico e abstrato, acentuando aquilo que lhe pareça fundamental.
O objetivo não é o de construir um tipo perfeito e ideal, mas conseguir grande semelhança e afinidade que permita comparação e a percepção de semelhança e diferenças. Éum trabalho teórico indutivo que sintetiza o essencial na diversidade das manifestações da vida social, permitindo a identificação de exemplares em diferentes tempos e lugares.
Florestan Fernandes definiu o tipo ideal de Weber com conceitos sociológicos construídos interpretativamente como instrumentos de ordenação da realidade.
O conceito é previamente construído, testado, aplicado emsituações onde possa Ter ocorrido, desta forma o sociólogo pode identificar e selecionar aspectos que tenham interesse à explicação.
O tipo ideal não é um modelo perfeito, mas sim um instrumento de análise científica, numa construção de pensamento que permite conceituar fenômenos e formações sociais.

A ética protestante e o espírito do capitalismo.

Weber relaciona o fator cultural – Religião,mais precisamente a Religião Protestante, no desenvolvimento do Capitalismo. Observou em primeiro lugar que entre os empresários bem- sucedidos e a mão de obra qualificada existia um grande número de protestantes.
Descobriu que os valores éticos protestantes tinham uma influência, relevante, no comportamento dos indivíduos. Segundo Weber, esse conjunto de regras como a disciplina ascética,...
tracking img