A sofisticada agricultura israelense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1859 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Sofisticada Agricultura Israelense

Introdução

A história do povo judeu e de suas raízes na Terra de Israel abrange cerca de 35 séculos. Foi nesta terra que se formou sua identidade cultural, nacional e religiosa; sua presença física se manteve ali continuamente através dos séculos, mesmo depois que a maioria do povo foi exilada à força. Com o estabelecimento do Estado de Israel em 1948,foi restaurada a independência judaica, perdida há 2.000 anos.
Após terem voltado para sua terra, Israel, os judeus encontraram terras que na sua maioria, estavam semiáridas, devido ao desmatamento, erosão do solo e negligência da população árabe. Eles formaram conjuntos para limpar campos rochosos, construíram terraços, drenaram pântanos, praticaram o reflorestamento, combateram a erosão do soloe terras salgadas foram lavadas. Desde a independência em 1948, a área total cultivada aumentou de 408 mil hectares para 1,07 milhões de acres, enquanto o número de comunidades agrícolas aumentou de 400 para 725. A produção agrícola cresceu 16 vezes, três vezes mais do que o crescimento populacional. 
A água é um recurso que está na demanda crescente no país, com chuva que desce somente entrenovembro e abril, com uma distribuição desigual em todo o país, a partir de 28 polegadas (70 cm) no norte do país e para menos de 2 polegadas (5 cm) no sul. Os recursos hídricos anuais renováveis são cerca de 5,6 bilhões de pés cúbicos, dos quais 75% do que é usado para a agricultura. A maioria das fontes de água doce de Israel foram conectadas ao Aqueduto Nacional de água, rede de estações debombeamento, reservatórios, canais e aquedutos que transfere água do norte ao sul. A área de regadio no país aumentou de 74 mil hectares em 1948, para cerca de 460 mil hectares hoje. 
A agricultura representa apenas 2,5% do total do PIB de Israel. Atualmente a agricultura interna atende a maior parte da necessidade de alimentos da população (Israel produz 93% de sua necessidade de alimentos), sendocomplementada pela importação de produtos como: cereais, sementes oleaginosas, carne, café, cacau e açúcar.

Agricultura em Israel

A agricultura é uma indústria importante em Israel, sendo o país um grande exportador de alimentos, bem como um líder mundial em tecnologias agrícolas. Israel não tem uma geografia adequada à agricultura. Não é só isto, mais da metade de sua área é deserto, alémdisso, o clima e recursos hídricos não tornam a agricultura uma indústria altamente atrativa. 
Apenas 20% da superfície da terra são aráveis naturalmente. Hoje a agricultura representa 2,5% do PIB total e 3,6% das exportações. Os trabalhadores agrícolas representam cerca de 3% dos trabalhadores, e Israel produz 93% de suas próprias necessidades de alimentação para comida, que é complementado pelaimportação de grãos, sementes oleaginosas, carne, café, cacau e açúcar, embora estas importações são mais do que compensados pelas exportações.
Quando foi criado o Estado de Israel, em 1948, uma das maiores preocupações era implantar um sistema de produção agrícola capaz de abastecer a população que chegava ao país recém-findado. A agricultura israelense adotou então como modelo, duas formasúnicas de assentamentos agrícolas: o kibutz, uma comunidade coletiva na qual o meio de produção é de propriedade coletiva, onde cada membro trabalha e todos recebem os benefícios, tinha uma vantagem adicional, servia tanto para produção agrícola como para defesa do Estado de Israel, uma vez que a maior parte deles localizava-se nas proximidades das áreas fronteiriças; e os moshav, uma vila agrícola ondecada família mantém a sua própria casa e trabalha sua própria terra, enquanto a compra e a comercialização são realizadas de forma cooperativa.
Ambas as comunidades forneciam um meio para realizar o sonho dos pioneiros a ter comunidades rurais com base na igualdade social, cooperação e ajuda mútua, mas também para ganhar a produção agrícola no meio produtivo. Hoje, entre os kibutzim e...
tracking img