A sociologia compreensiva aplicada ao estudo da organização

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7646 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FOLHA DE APRESENTAÇÃO




1. ANTONIO FLÁVIO GOLTZMAN ABREU

2. DAYVID MEDEIROS

3. FRANCISCO XAVIER DE OLIVEIRA

4. JOHN SILVIO ARAUJO VERAS

5. MIRIAM DE MEDEIROS CHAVES

6. NATÁLIA KATIANE ANDRADE SALES

7. PATRICIA MARIA SOUZA SANTOS

8. TATIANY NOBRE COSTA








FORTALEZA, 08 DE MAIO DE 2009
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 06
2. A SOCIOLOGIA COMPREENSIVA07
3. TIPO IDEAL 07
4. A REINTERPRETAÇÃO ANTI-AUTORITÁRIA DO CARISMA 08
5. A COMUNIDADE DOMÉSTICA 10
6. COMUNIDADE DE VIZINHANÇA, COMUNIDADE ECONÔMICA E
COMUNA 12
7. RELAÇÃO COM A ORGANIZAÇÃO MILITAR E ECONÔMICA 13
8. A DISSOLUÇÃO DA COMUNIDADE DOMÉSTICA 14
9. O DESENVOLVIMENTO PARA OIKOS 15
10. PERTINÊNCIA À RAÇA 16
11.RELAÇÃO COM A COMUNIDADE POLÍTICA 17
12. NACIONALIDADE E PRESTIGIO CULTURAL 18
13. COMUNIDADES POLÍTICAS 19
14. GESTÃO ECONÔMICA 20
15. O NASCIMENTO DO ESTADO RACIONAL 22
16. PARTIDOS E ORGANIZAÇÕES PARTIDÁRIAS 24
17. DIVISÃO DE PODER 25
18. PARTIDOS POLÍTICOS 25
19. ESTAMENTOS E CLASSES 26
20. CONSIDERAÇÕES FINAIS 2621. BIBLIOGRAFIA 28
1. INTRODUÇÃO






























2. A SOCIOLOGIA COMPREENSIVA


Longe de parecer uma ciência sobre história, a Sociologia Compreensiva tem por finalidade estudar e compreender os fatos sociais, bem como identificar e explicar as ramificações e conseqüências de cada ação desencadeada pelo fato.
Em Economia e Sociedade,Max Weber busca mostrar que o ser humano tem entre suas características, a ação social. A ação social nada mais é que a atitude humana interior ou exterior, direcionada para determinado fim ou até mesmo para o absenteísmo. Se sua atitude for direcionada a um indivíduo ou a um grupo, que perceba o seu fim e interaja no mesmo sentido temos a figura da ação social, em um grupo coeso, onde a fala decada um dos participantes é ouvida e compartilhada por todos, podemos dizer que essa ação está mutuamente ou socialmente orientada para um fim em comum.
Para o desenvolvimento da ação social, três atitudes mostram-se indispensáveis: compreender, interpretar e explicar, o que exige do estudioso grande capacidade de raciocínio, compreensão e condensação, sem essas características, a análise corre orisco de não ter a sua essência descoberta ou simplesmente seguir caminho diferente do que realmente na situação em estudo.

3. TIPO IDEAL


Dentre os métodos utilizados pela sociologia compreensiva, podemos citar a utilização do tipo ideal, o tipo ideal é aplicado para identificar o fim de ação e o caminho a ser percorrido, partindo do pressuposto que a ação ocorreria sem nenhumainterferência ou desvios, mostrando o desenrolar de cada ação até se conseguir alcançar o objetivo determinado no início da ação. De posse de todos os dados, a sociologia segue analisando o seu estudo, detectando os desvios, que são as interferências que mudam o curso da ação, indicando as correções necessárias. Weber descreve o tipo ideal da seguinte forma em Economia e Sociedade;

Em virtude de suacompreensibilidade evidente e de sua inequivocabilidade, ligada a racionalidade, a construção de uma ação orientada pelo fim, de maneira estritamente racional serve, nesses casos, a sociologia como tipo (tipo ideal). Permite compreender a ação real, influenciada por irracionalidades de toda espécie (afetos, erros) como “desvio” do desenrolar a ser esperado no caso de um comportamento puramente racional.(WEBER, Economia e Sociedade, p.5)

Weber enxerga que entender o sentido das ações humanas é um dos objetivos principais da sociologia, por isso diferentemente de Durkheim, que tem seu foco na instituição ou sociedade, Weber tem como alvo o indivíduo e sua ação, o sentido e os motivos determinaram a ação. Ainda segundo seus estudos, o ser humano é orientado por quatro tipos de ação social,...
tracking img