A sociedade dos cativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (762 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
















Barreiro


1º Período de Direito – NoiteBruno Kerysson
Euler de Lima
João Paulo
Raquel de Oliveira




ANÁLISE SOBRE A QUESTAO A PARTIR DO TEXTO: “PAGANDO O TEMPO NO ESPAÇO DA PRISÃO” -ROBSON AUGUSTO MATA DE CARVALHO.



“As relações sociais dentro das prisões tendem a institucionalizar uma verdadeira sociedade dos cativos”








Belo HorizonteMarço, 2013
ANÁLISE SOBRE A QUESTAO A PARTIR DO TEXTO: “PAGANDO O TEMPO NO ESPAÇO DA PRISAO" - ROBSON AUGUSTO MATA DE CARVALHO.

"AS RELAÇÕES SOCIAIS DENTRO DAS PRISÕES TENDEM A INSTITUCIONALIZARUMA VERDADEIRA SOCIEDADE DOS CATIVOS"


A vida dentro do ambiente carcerário possui regras de convivência, de moral e de comportamento distintos das regras da sociedade de um modo geral.Ao ser condenado, o cidadão ingressante no sistema penitenciário é subjugado ao comando de uma estrutura autoritária formal, que são as normas institucionais, e as normas de convivência impostaspelos próprios presos, onde a lei do silêncio é a principal lei e o ponto forte do poder dos detentos, que faz com que o Estado seja ineficiente, não conseguindo estender de maneira eficaz suas normaslegais dentro das prisões, pois, a lei que prevalece sobre a sociedade fora dos muros da prisão não tem alcance necessário perante a sociedade dos cativos.
Para entender como funciona estasociedade, deve-se analisar o seu funcionamento:
Quando o detento chega à instituição, ele passa por um ritual de admissão dentre os demais presos que leva em consideração desde o artigo do códigopenal pelo qual ele foi condenado, sua relação com o mundo do crime e até o seu comportamento e reações diante das diversas situações que ocorrem no cotidiano carcerário. A partir disso ele é...
tracking img