A seducao no discurso resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1824 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ - Curso de Direito
CHALITA, Gabriel. A sedução no discurso: O poder da linguagem nos trinunais do júri. 4 ed. rev. São Paulo: Saraiva, 2007.
.

O livro "A sedução no discurso" é uma obra de Gabriel Chalita que provém de sua tese de doutorado em Comunicação e Semiótica obtido naPontifícia Universidade Católica em São Paulo no ano de 1997. O autor ao decorrer da obra descreve as artemanhas necessárias para que um discurso consiga envolver e encantar seus recptores. Para tanto, o autor afirma que o discurso para ser de fato convincente e sedutor, faz-se necessário a combinação de raciocínio lógico e da emoção além de diferentes tipos de linguagem aliados à interpretação oral dofalante. Seu desenvolvimento se dá em sete capítulos através de uma linguagem fácil e bastante agradável.
A obra tem como objetivo afirmar o uso de argumentos emocionais junto ao Direito na formação de um discurso persuasivo. No decorrer da obra o autor interliga os preceitos da Semiótica com os de Direito a fim de abordar da melhor forma possível o poder persuasivo nos discursos elaborados pelosadvogados e promotores nos tribunais de júri. Sendo assim, qualificando-os como instrumentos fundamentais para a argumentação de seu orador, visando uma atração e reflexão emotiva de seus interlocutores. O autor afirma que para o discurso ser convincente e sedutor, é necessário que haja a combinação do raciocínio lógico, da emoção e de diferentes tipos de linguagem aliados à interpretação oral dofalante.

No primeiro capítulo, Chalita introduz como seria elaborado e executado um discurso persuasivo, afirmando que o Direito é uma ciência humana e, por isso, não pode ser considerado meramente como uma técnica ou um conhecimento exato, e que o Direito deveria ir além da observância das leis e do estudo das evidências para conseguir promover a justiça. Sendo assim, poderia-se conceber oDireito como uma ciência de argumentação, onde o discurso de quem tem o intuito persuadir não se fundamenta puramente em argumentos lógicos, mas também recorre a artifícios retóricos e alegóricos a fim de envolver e comover. Porém, seria importante mencionar que o aspecto emocional não é excludente pois, seria impossível que se apresentasse um discurso em que os aspectos racionais e emocionais nãose harmonizassem. O discurso pretende envolver ideologicamente o seu receptor. E dessa forma, aos advogados e aos promotores, cabe a função de encantar os jurados, ou seja, torná-los adeptos do discurso apresentado. Isto é, transportá-los ao seu imaginário, fazê-los enxergar como verdadeira a argumentação trazida. Onde, para Chalita, tal desafio seria obtido através de descrições e detalhes quecomponham um cenário, exerçam atração e prendam a atenção daqueles que o assistem. O conteúdo dessas histórias citadas nos discursos persuasivos precisam incluir algo que o ouvinte possa se identificar, se imaginar e também se comover.


Já no segundo capítulo o autor trás alguns exemplos que são retratados através de filmes Norte-Americanos como Tempo de matar, Filadélfia, Questão de honra eAssassinato em primeiro grau. Apesar desses quatro filmes possuirem um sistemas jurídico diferente do nosso, não são postos como um obstáculo. Pois entende-se que haverá sedução onde houver o discurso. Esses exemplos foram selecionados por Chalita pois dão uma ênfase em sua tese e, também, por enxergarmos mais facilmente os elementos básicos do discurso jurídico usado para convencer o corpo dejurados.

Em um dos filmes citados chamado "Tempo de matar", é onde podemos enxergar com mais clareza como o uso da emoção é imprescindível para um discurso jurídico. O filme retrata a história de dois homens brancos que em um momento de embriaguez sequestram uma menina negra de apenas 10 anos tiram-na toda sua pureza e à agridem físicamente. O pai da garotinha em um ato de desespero,...
tracking img