A responsabilidade pessoal de cada crente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1406 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A RESPONSABILIDADE PESSOAL

DE CADA CRENTE COM O

MINISTÉRIO DA IGREJA LOCAL

Texto básico: 1 Pedro 4.10-11

Introdução

O grande problema que muitas igrejas enfrentam hoje, para fazer o trabalho de Deus, é o pequeno envolvimento dos fiéis. Há muito trabalho para ser feito, grande expectativa para ser atendida e as vezes, pouca participação da maioria.

Bruce L. Shelley comenta quemuitos transformaram o trabalho cristão em algo que pode ser comparado a um esporte de espectadores. O limite do envolvimento do membro comum é quase o mesmo do fã de futebol. Grita muito, querendo ensinar como o jogo deveria ser jogado, mas não contribui com nada além de suas críticas".

Mas, como resolver este problema? O que devemos fazer para combater tamanha omissão?

Cremos que a melhormaneira é através da conscientização de cada membro da igreja. Esta conscientização se fará com o ensino bíblico acerca do ministério cristão e muita oração.


1. O QUE É A IGREJA?

Na Bíblia, a Igreja é vista essencialmente como "a comunhão dos santos”, isto é, "a reunião dos que são partícipantes de Cristo e das bênçãos que nele há" (Luis Berkhof).

A igreja não é resultado da ação humana.A sua origem é divina. Jesus Cristo afirma: "Edificarei a minha igreja". Jesus Cristo é o proprietário e o edificador da Igreja. A comunhão da Igreja é produzida e mantida pela presença e pela ação permanente do Espírito Santo: "Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito" (1 Co12.13).

A Igreja é o povo de Deus. No Antigo Testamento, Deus distingue Israel das outras nações chamando-o de "meu povo": "Disse ainda o Senhor: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito…" (Ex 3.7). O próprio Deus passa a ser conhecido como "o Deus de Israel" – "Depois, foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: assim diz o Senhor Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que mecelebre uma festa no deserto" (Êx 5.1). A identidade de Israel baseava-se na relação especial que mantinha com Deus.

No Novo Testamento este conceito ganha estabilidade e dimensão. Em Jesus Cristo, o povo de Deus ganha identidade. "Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles" (Mt 1.21). Independente de ser israelita ou não, o povo de Deus éformado por todos aqueles que estão em Cristo (Ef 2.11-22; Tt 2.14). "Vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia" (1 Pe 2.10).

Há três idéias básicas que estão ligadas a este conceito.

1.1) O Povo de Deus é um Povo Escolhido. A igreja é uma comunidade de pessoas escolhidas pelo próprioDeus. Moisés afirmou: "0 Senhor, teu Deus, te escolheu, para que lhe fosses o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra" (Dt 7.6). "Vós, porém, sois raça eleita… ", afirma Pedro (1 Pe 2.9).

1.2) O Povo de Deus é um Povo Chamado. O chamado de Deus é a essência do conceito neotestamentário sobre igreja. "EKKLESIA" significa a comunidade daqueles que foram chamados e reunidos em Cristoe por Cristo (Mt 16.18). "E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou. . /’(Rm 8.30).

1.3) O Povo de Deus é um Povo Comprometido. Deus e o seu povo estão comprometidos através da aliança da graça. Por meio dessa aliança e de seu sacrifício, Jesus introduziu cada crente na presença imediata de Deus, transformando cada crente em sacerdote junto aDeus. Esta comunhão com Deus dispensa a mediação de qualquer outro cristão ou casta sacerdotal. Sob a nova aliança, cada cristão está capacitado para cumprir as funções sacerdotais. "Porque foste morto e com -o teu sangue compraste para Deus os que procedem de toda tribo, língua, povo e nação e para o nosso Deus os constituíste reino e sacerdotes" (Ap 5.9-10).


2. SACERDÓCIO DOS CRENTES

Cada...
tracking img