A refração e a dispersão da luz nos primas e as lentes esféricas e suas principais características.

TERCEIRO RELATÓRIO DE FÍSICA EXPERIMENTAL II
REFERENTE AS AULAS 3 E 4 SOBRE
A REFRAÇÃO E A DISPERSÃO DA LUZ NOS PRIMAS
E AS LENTES ESFÉRICAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS.




ARIADNY DA SILVA ARCAS


Cuiabá-MT
Abril/2012





TERCEIRO RELATÓRIO DE FÍSICA EXPERIMENTAL II REFERENTE AS AULAS 3 E 4 SOBRE
A REFRAÇÃO E A DISPERSÃO DA LUZ NOS PRIMAS
E ASLENTES ESFÉRICAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS.

ARIADNY DA SILVA ARCAS



Este relatório experimental é parte da avaliação da disciplina de Física experimental II, do curso de Engenharia de Alimentos, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus Cuiabá-Bela Vista; solicitado pelo Professor Jonas Spolador.

Cuiabá-MT
Abril/2012
1.0 INTRODUÇÃOAs lentes são utilizadas em inúmeros instrumentos ópticos, como lunetas, óculos, binóculo, lupa e microscópios. A partir dele temos a reflexão luminosa que é à base da construção e utilização dos espelhos. Para uma melhor organização a óptica,podem ser individualizada em dois grupos de lentes, as lentes convergentes, que convergem em um único ponto comum, e o das lentes divergentes, quedivergem o feixe incidente paralelo ao eixo principal.
Muitas fontes de luz, como o Sol, emitem luz branca. Esta luz é uma mistura de várias cores e quando esta luz passa por um prisma divide-se formando um espectro. Quando a luz atravessa um prisma, o raio de saída não é paralelo ao raio incidente. Com o índice de refração de uma substância varia segundo o comprimento de onda, um prisma pode separaros diferentes comprimentos de onda contidos em um raio de luz incidente e a trajetória do raio emergente é o ângulo de desvio. Os espectros eletromagnéticos são resultados das radiações eletromagnéticas emitidas, absorvidas ou refletidas nas suas frequências ou comprimento de onda correspondente. O espectro visível é o resultado das radiações eletromagnéticas emitidas, absorvidas ou refletidasnas suas frequências ou comprimentos de onda correspondentes, dentro da faixa do visível ao olho humano.
Tendo em vista as várias aplicabilidades das lentes, buscamos detalhar e identificar cada efeito produzido resultante da incidência de um feixe de luz monocromática.







2.0 OBJETIVOS
- Reconhecer que a luz, ao penetrar perpendicularmente a superfície de um prisma, sofreuma reflexão total e que a eficiência e vantagem do uso do prisma.
- Identificar que em um prisma diferente de 90º, o raio emergente se desvia para a base do prisma, e que o mesmo pode decompor um feixe de luz incidente, policromático, em suas componentes básicas.
- Reconhecimento de que o índice de refração de um dado material depende da frequência de luz incidente.
- Conceituar lente edióptria.
- Identificação das lentes divergentes,convergentes e os três raios coincidentes principais de uma lente.
- Determinação, a partir de uma lente esférica, o centro óptico, vértice, eixo óptico, raio de curvatura, convergência, trajetória dos raios refratados emergentes.

2.1 MATERIAIS NECESSÁRIOS
2.1.1 A refração e a dispersão da luz nos prismas e as lentes esféricas e suas principaiscaracterísticas.
-01 Barramento com escala milimetrada e sapatas niveladoras (6).
-01 Fonte de luz branca com feixe direcional e ajuste focal deslizante (4).
-03 Cavaleiros magnéticos.
-01 Painel óptico com disco de Hartl e sapatas niveladoras (1) e (3)
-01 Mesa suporte acoplável a cavaleiro.
-01 Lente plano-convexo de 8di com suporte para acoplamento.
-01 Lente plano-convexa de 4di com suportepara acoplamento.
-01 Conjunto de diafragma.
-01 Diagrama deslizante.
-01 Prisma de 90°.
-01 Prisma 60º figura (13)
-06 Perfis dióptricos com fixação magnética de: biconvexo (7), plano-convexo (8), côncavo-convexo (9), bicôncavo (10), plano-concava (11) e convexo-côncavo (12).

2.2 MONTAGEM
2.2.1 A refração e a dispersão da luz nos prismas e as lentes esféricas e suas principais...
tracking img