A questão social e suas expressões

TRABALHO EM GRUPO – TG
4º BIMESTRE
A QUESTÃO SOCIAL E SUAS EXPRESSÕES
São João da Boa Vista - SP

2012




RESUMO




O Objetivo desta pesquisa é abordar a questão social, buscando identificar suas expressões das mais variadas formas. A questão social insere-se no contexto do empobrecimento da classe trabalhadora com a consolidação e expansão do capitalismo, que trouxeconsigo enormes desigualdades sociais.
Palavra chave: Questão social, Expressões.









ABSTRACT
The goal of this research is to address social issues in order to identify their expressions in various forms. The social issue is within the context of the impoverishment of the working class with the consolidation and expansion of capitalism which has broughthuge social inequalities.Keyword: Social Issues, Expressions.



SUMÁRIO




RESUMO__________________________________________________________________1
ABSTRACT________________________________________________________________2
SUMÁRIO_________________________________________________________________3

INTRODUÇÃO_____________________________________________________________4DESENVOLVIMENTO______________________________________________________4

CONCLUSÃO______________________________________________________________7

BIBLIOGRAFIA____________________________________________________________8











INTRODUÇÃO
A questão social no Brasil teve suas raízes na exploração do trabalho, onde o capitalismo transformou o trabalho em mercadoria, e tornou o trabalhadoralienado. Todo esse processo de alienação desencadeou a exploração e a degradação da classe operária. Observa-se, assim, que a questão social é fruto da sociedade capitalista que acarreta o empobrecimento da classe trabalhadora que é explorada ao extremo. Entende-se então por questão social como um conjunto de expressões das desigualdades que se manifestam de diversas formas como: o desemprego,violência, risco social, violação de direitos, entre outros. E como enfrentar todas as expressões da questão social?



DESENVOLVIMENTO
A questão social teve seu início com a Revolução Industrial, em meados do séc. XVIII, com a mecanização das indústrias, a divisão do trabalho, o aumento da produção, dando surgimento a duas classes sociais básicas do sistema: o operário e o empresário. Surgeassim o sistema capitalista que transformou o trabalho em mercadoria, sempre visando o lucro e estabelecendo relações frias e desiguais. Essa dinâmica tornou o trabalhador alienado, diante do aspecto da sua separação do modo de produção e pela falta de ciência de estar vivendo sob exploração.
Portanto o trabalhador que vive alienado não percebe que vive sendo explorado, e como precisa atendersuas necessidades de subsistência necessita trabalhar para em troca receber seu salário e arcar com suas despesas. Assim o trabalho acaba se tornando uma mercadoria, onde o capitalista compra e o trabalhador vende a mão de obra.
Perante esse processo de industrialização verifica-se um grande progresso nas cidades, acarretando aumento da população, e conseqüentemente problemas como: miséria, fome,desemprego e falta de habitação.
Dentro deste contexto já podemos observar o problema da questão social, que é definida da seguinte forma diante da concepção de IAMAMOTO (1999, p. 27).




O conjunto das expressões das desigualdades da sociedade capitalista madura, que têm uma raiz comum: a produção social é cada vez mais coletiva, o trabalho torna-se mais amplamente social, enquantoa apropriação dos seus frutos se mantém privada, monopolizada por uma parte da sociedade.



Com base nesta afirmação, concluímos que a questão social é uma categoria que expressa à contradição fundamental do modo capitalista de produção, onde os trabalhadores produzem a riqueza e os capitalistas se apropriam dela. Esse nesse contexto que se desenvolve as desigualdades e surgem as suas...
tracking img