A queda do imperio romano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (414 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A queda do Imperio Romano

Os romanos dominaram muitos territórios e povos, formando um império cuja capital era Roma e a mão-de-obra principal, a escrava. A partir do século III, porém, o Impérioromano começou a entrar em crise.
Com o fim das guerras de conquista, cessou a maior fonte fornecedora de escravos. A falta de trabalhadores abalou a economia, pois o preço dos escravos subiu, aprodução agrícola e o comércio declinaram e as importações da Itália cresceram. O encarecimento dos alimentos e as desvalorizações da moeda fizeram a inflação disparar. O governo aumentou os impostospara pagar os legionários e os funcionários, mas a população não conseguia pagá-los. Portanto, ficou difícil manter o exército, a burocracia, o domínio sobre outros povos e a política do pão e circo.O escravismo foi substituído pelo colonato, contribuindo para as mudanças sociais. Os patrícios arrendaram (alugaram) parte de suas villas (latifúndios) a plebeus, que abandonavam as cidades emcrise. Esses camponeses viviam de sua produção, mas deviam trabalhar de graça para o proprietário, alguns dias por semana, além de pagar em dinheiro e certos produtos pelo uso da terra. À medida que acrise piorava, o meio rural se tornou auto-suficiente e os pagamentos passaram a ser feitos em produtos. Para evitar a desorganização agrária, o governo romano proibiu que os camponeses colonosabandonassem a villa. Eles se tornaram semilivres (servos): presos a terra, não podiam sair nem ser expulsos, mas teriam a proteção do latifundiário.
O século III foi também um período de intensas disputaspelo poder. Entre 235 e 284, Roma teve 26 imperadores, dos quais apenas um morreu naturalmente e outro em luta contra os inimigos; os demais foram assassinados. Os generais se achavam no direito deescolher os imperadores, o que gerou muitos conflitos – a anarquia militar.
Os povos dominados aproveitaram-se e fizeram revoltas, enquanto os bárbaros aproximaram se das fronteiras. Sem guerras nem...
tracking img