A produção escrita na sala de aula como um espaço que vai além das convenções ortográficas

Páginas: 20 (4814 palavras) Publicado: 8 de março de 2011
Anais do IX Encontro do CELSUL Palhoça, SC, out. 2010 Universidade do Sul de Santa Catarina

A PRODUÇÃO ESCRITA NA SALA DE AULA COMO UM ESPAÇO QUE VAI ALÉM DAS CONVENÇÕES ORTOGRÁFICAS Cátia de Azevedo FRONZA∗ Caroline SAMPIETRO∗∗ Cândida LEITE∗∗∗
ABSTRACT: This research brings analyses about speech’s data in children’s initial writing, on phonological acquisition process – in the end ofkindergarten or 1st or 2nd year of elementary school. Reflections of possible relations between the text production and the informants’ context will contribute to the explanation of hypotheses about what and how each child writes, according to specifics proposals. These information can show doubts or linguistic aspects related with the context influencing and leading the children, for example, to changewhat they had wrote. Some written registers that can be considered errors, difficulties, problems, disturbances, speech or writing changes, are concrete evidences about what the children are not dominate in their language and, especially, an important clue about what they know. KEYWORDS: writing; speaking; phonology; literacy; education.

1. Introdução Oportunizamos aqui um momento de reflexãosobre as informações encontradas nas produções escritas dos informantes, acompanhados desde 2004, em áudio e vídeo, considerando seu processo de aquisição da fonologia e o contato entre alunos propiciado pelo ambiente escolar. No ano de 2009, os informantes, com seus 6-7 anos - alguns frequentando escolas de educação infantil, outros no 1º ou no 2º ano do ensino fundamental de instituições da redeprivada de ensino, mas todos em municípios da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul -, foram observados e filmados momentos de uso da escrita no contexto da sala de aula. Nesta etapa de investigação, prioriza-se, através das observações e das filmagens na sala de aula de cada informante, o estudo da relação que estabelecem entre sua fala e o sistema de escrita que está semanifestando, buscando compreender o que e por que pensam de um modo ou outro quando escrevem ou quando querem escrever. No contexto da sala de aula, o trabalho com a modalidade escrita da língua envolve a turma inteira, uma vez que são observados momentos de motivação e de produção textual orientados pela professora regular, mas que resultam de diferentes possibilidades de interação entreprofessora-alunos-professora. Logo, existe um processo de discussão e reflexão que contribui para a explicitação de hipóteses da criança sobre o que e de que forma escrever diante das propostas das educadoras. Pelo que se tem observado, grande parte das crianças, já no início do seu contato com a modalidade escrita tem muito a perceber, em termos da estrutura interna das sílabas, antes de resolver, na escrita,as dúvidas ortográficas propriamente ditas.



Doutora em Letras; Universidades do Vale do Rio dos Sinos. Graduanda em Letras; Universidade do Vale do Rio dos Sinos. ∗∗∗ Graduanda em Letras; Universidade do Vale do Rio dos Sinos.
∗∗

1

Anais do IX Encontro do CELSUL Palhoça, SC, out. 2010 Universidade do Sul de Santa Catarina

2. A fala e a escrita no contexto desta pesquisaEntende-se que, nos seus primeiros contatos com a escrita, a criança deve ser capaz de ligar o output falado com a forma escrita, através do conhecimento das letras. Há, então, uma relação entre essas duas modalidades da língua, mediada pelas habilidades metafonológicas (STACKHOUSE, 1997). A fase inicial da escrita, como já destacava Varella (1993), é um momento em que a criança formula hipóteses ecomeça a refletir sobre a relação entre a modalidade da língua que já domina e a sua representação por meio dos grafemas. Nesse processo de reflexão, algumas dessas hipóteses podem ser semelhantes às suas produções evidenciadas na aquisição da fala, destacando aqui aspectos fonético-fonológicos. Trabalhos como os de Hofman e Norris (1989), assim como o de Varella (1993), mostraram que processos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • EITURA E PRODUÇÃO ESCRITA EM SALA DE AULA
  • A aula e a sala de aula: um espaço-tempo de produção de conhecimento
  • Escrita ortográfica e Produção textual
  • resenha alem da sala de aula
  • Além da sala de aula
  • A botânica além da sala de aula
  • Além da sala de aula
  • Alem da Sala de Aula

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!