A presença indígena na constituição da identidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1926 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
157 A PRESENÇA INDÍGENA NA CONSTITUIÇÃO DA IDENTIDADE BRASILEIRA Renata Baum Ortiz1
Somos a continuação de um fio que nasceu há muito tempo atrás... Vindo de outros lugares... Iniciado por outras pessoas... Completado, remendado, costurado e...Continuado por nós. De forma mais simples, poderíamos dizer que temos uma ancestralidade, um passado, uma tradição que precisa ser continuada, costurada,bricolada todo dia.2 – Daniel Munduruku

O problema da identidade nacional no Brasil é um tema recorrente entre nós e que, de tempos em tempos, vem à tona, seja através da arte, seja através da manifestação de grupos reivindicando algo de seu que tenha sido esquecido pelo discurso instituído. Pelo visto, não foram poucos os elementos que ficaram de fora desse discurso, pois é longa a busca deuma completude do vazio, de uma identidade que sirva ao cidadão nacional como sendo a mais completa possível. E como não seria recorrente o tema se, como sabemos, a identidade do Novo Mundo, por séculos, não foi mais que um modelo baseado na figura do colonizador, branco e europeu? Como seria completa uma identidade que não tem em si a participação fundamental do negro na constituição da suahistória? E ainda, como ter identidade nacional quando não se reconhece a base dessa nacionalidade em seus nativos? A identidade de um Brasil que não olha para dentro de si, que não encara seus índios como raiz da nacionalidade, que está ancorada no longínquo mar português, não poderia, realmente, estar completa. A negação dessas raízes por parte dos brasileiros não é sem razão de ser. A colonização, comosabemos e comentamos atualmente, foi um processo traumático na nossa história3. Em Sobre a Psicopatologia da Vida Cotidiana, Freud diz que:
É universalmente reconhecido que, no tocante à origem das tradições e da história legendária de um povo, é preciso levar em conta (...) que as
1

Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Rio Grande do Sul – Brasil. MUNDURUKU, Daniel. “Em busca de umaancestralidade brasileira”. In: Revista fazendo escola. Alvorada. v. 2, ano 2002, p. 40-42. 3 E na história dos colonizadores também. A consciência dos horrores da colonização aparece nas obras de afirmação das identidades das metrópoles colonizadoras como uma mancha negra na história desses países. Em A Flor do Sal (romance português publicado em 2005), a autora Rosa Lobato de Faria apresenta umaoutra possibilidade de “descobrimento”, com a valorização dos povos nativos e a troca mútua oferecida entre descobertos e descobridores. Obras assim surgem como uma espécie de reparação através do reconhecimento da culpa pelo processo histórico da colonização, traumático para ambas as partes.
2

158
lembranças aflitivas sucumbem com especial facilidade ao esquecimento motivado (...)[apagando] da memória tudo o que seja penoso para o sentimento nacional4.

Assim, se temos tendência a esquecer das lembranças aflitivas, podemos pensar que isso aconteceu no nosso processo de formação identitária, explicando a não inclusão do povo escravizado e dominado como parte constituinte de nossa história. Isso justifica a aparição constante de questões de identidade na nossa literatura. Sobreessa afirmação da identidade presente no texto literário, Zilá Bernd diz que:
As literaturas que emergem em contextos com passado colonial irão se confrontar necessariamente com a questão da afirmação identitária no seu processo de autonomização. A equação não é complicada: passado colonial gera complexo de dependência que gera crise de identidade5.

Precisamos de quase cinco séculos para que arecalcada questão do índio brasileiro surgisse a partir de uma visão outra que não a dos colonizadores. É a partir dos anos 70 que nossos índios assumem para si o título de “índios” – antes tido como denominação dada pelos brancos e considerado pejorativo – e constituem os primeiros movimentos organizados por líderes de diversas tribos, visando uma união em prol da defesa dos valores indígenas6....
tracking img