A pratica da pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1146 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A prtResumo do livro “A prática da pesquisa” 2ª edição
Capitulo 1 - O poder, os limites e os abusos da ciência.
A Ciência pode ser encontrada em tudo que vivemos e pode ser aplicado a todos, porém a Ciência não é sinônimo de pensamento rigoroso, pois um discurso inteligente, sobre um assunto cientifico ou não, não se passa de um mero discurso enfeitado com palavras difíceis. A linguagemutilizada na ciência e na pesquisa geralmente é específica e de difícil entendimento para os leigos, mas de fácil tradução para pessoas de outras áreas.
Um pesquisador busca encontrar fatos que comprovem ou não sua teoria, ele deve partir em uma busca para decifrar a realidade e provar suas ideias. Essas ideias devem ser estudadas a fundo e testadas, para que uma ideia ou pensamento tenha fundamentaçãoe não seja apenas uma observação leiga, isso é chamado de validação de resultados.
Resumindo, não há ciência sem modelos (comprovações) e nem há ciência sem o confronto com o mundo real. Portanto, para se comprovar uma teoria deve ser feito uma comparação de resultados, mas, ao definir um problema, um método e fontes de informações para resolver esse problema, juntamente com o procedimento a serseguido, o pesquisador não poderá decidir mais nada, porque os resultados surgirão no decorrer da pesquisa.
Capitulo 2 - As regras do jogo: a metodologia científica
A metodologia tem com objetivo auxiliar o pesquisador a compreender, não só os produtos da pesquisa, mas o processo em si, portanto, não é demais voltar á advertência de que não há ciência sem explicações que estruturam o que vaisendo observado e não há ciência sem volta ao mundo real observado. Idealmente, o campo requer a contribuição de autores versados tanto em filosofia como na pratica da ciência. Nem os filósofos conhecem muito da ciência nem os cientistas conhecem muito da filosofia.

Capitulo 3 - A escolha do tema e o risco de um erro fatal
O tema da pesquisa é tão importante quanto à pesquisa em si, pois é o quedefine os parâmetros de dificuldade da pesquisa, uma má escolha pode colocar tudo a perder e resultar em um fracasso. Para escolher um tema deve-se fazer um planejamento e projetos, pois assim diminui a probabilidade de erro, e fazê-lo sempre se espelhando nas melhores pesquisas já feitas para servir de base e apoio à pesquisa. Toda a ciência é, antes de tudo, a descrição de uma realidade. Não sepode realmente falar em ciência que não seja uma descrição de algum aspecto do mundo em que vivemos.
Capitulo 4 - Memórias de um Orientador de Teses
O que é uma tese? Há vários tipos de teses que podem ser produzidas: Teses Didáticas, Teses de Revisão da Bibliografia, Teses do tipo 'Levantamento', Teses Teóricas, Teses Teórico-Empíricas. O otimismo e a ambição na definição de uma tese sãosaudáveis até o momento em que impedem um grau de atenção suficiente e cada um dos pontos a ser coberta, por isso a escolha do tema é a etapa mais difícil, e para que o pesquisador não se perca no caminho, é necessária a presença de um orientador.
Mas o que seria do orientador sem os Direitos e Deveres dele, que é um ser humano, com uma paciência que encontra limites próprios, e tem, portanto, odireito de esbravejar diretamente com o orientando, no estilo que mais lhe agrada ou alivia. Deve também permitir e estimular divergências de opinião entre orientando e ele mesmo. Sua função não é a de catequizar ou doutrinar, mas deve levar sua crítica ao extremo lógico daquilo que pode ser demonstrado factualmente ou teoricamente.

Capitulo 5 - O Diálogo do Método com o Objeto de Estudo
Anatureza é misteriosa, e o pesquisador usa toda a sua astúcia para desvendar seus segredos. Seus planos de ação precisam se ajustar aos avanços e recursos de sua pesquisa. Todo pesquisador, portanto, tem que se decidir por um nível de risco aceitável.
Existem dois tipos de pesquisa: Qualitativa e Quantitativa. A primeira é usada para analisar informações de forma livre e aberta, procurando algum...
tracking img