A politica da vaporização do café

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As políticas de valorização do café

A Política do Café-com-leite permitiu à burguesia cafeeira controlar a política monetária e cambial e a negociação de empréstimos internacionais para a compra das sacas de café excedentes e, assim, assegurar o lucro dos cafeicultores.
A desvalorização da moeda era a maneira encontrada desde a época imperial para atender às exigências da burguesia cafeeira.A esta política de desvalorização do câmbio em favor da elite deu-se o nome de "socialização das perdas".
O mecanismo era acionado principalmente quando havia queda do preço do café nos mercados internacionais, o que, com a redução do índice de renda, acarretava prejuízos para os cafeicultores. Para eles, quanto mais desvalorizada fosse a moeda brasileira, maior seria a quantia adquirida naconversão do dinheiro estrangeiro recebido com a venda do café.
A política de "distribuição dos prejuízos" onerava a sociedade já que a desvalorização da moeda e a inflação provocavam o aumento do custo de vida e da tributação. Os brasileiros pagavam um preço alto por uma política que só beneficiava a uma minúscula parcela da população.

Declínio e fim da política do café-com-leite

Durante adécada de 20, diversos fatores somados, contribuíram para acelerar o declínio da República Velha. Entre estes fatores estavam os levantes tenentístas, as revoltas populares, o agrupamento das oligarquias dissidentes na Aliança Liberal e a grave crise econômica já existente no País - em decorrência da política de valorização artificial do café - que veio a ser agravada com a quebra da Bolsa de NovaYork.
Nesse mesmo ano, houve a quebra do pacto entre paulistas e mineiros na sucessão presidencial, colocando fim à política do Café-com-leite. Washington Luís, então presidente, deveria indicar um mineiro para tomar o poder, mas acabou indicando Júlio Prestes, também do estado de São Paulo.
Em oposição, foi formada a Aliança Liberal, que reunia as oligarquias de Minas Gerais, Rio Grande do Sul eParaíba, lançando Getúlio Vargas como seu candidato.
Embora a vitória tenha sido do paulista Júlio Prestes, um golpe deu o poder a Getúlio Vargas. "Vitoriosa a revolução, abre-se uma espécie de vazio de poder por força do colapso político da burguesia do café", afirma o historiador Boris Fausto, em seu livro A Revolução de 1930: historiografia e história (Editora Brasiliense).
Assim, com o términoda República Velha, chega ao fim também o poder da burguesia cafeeira e tem início um novo capítulo da História brasileira, a Era Vargas.

Grande Enciclopédia Larousse Cultural
CAFÉ-La Dolce Vita - Asa Editores Ltda. Aroma de Café- Luiz Norberto Pascoal
Le Café - Anne Vantal
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Imprensa

Como o café chegou ao Brasil

Em 1727 osportugueses compreenderam que a terra do Brasil tinha todas as possibilidades que convinham à cafeicultura. Mas não possuíam nem plantas nem grãos. O governo do Pará então encontrou um pretexto para enviar Palheta, um jovem oficial a Guiana Francesa, com uma missão simples: pedir ao governador M. d’Orvilliers algumas mudas.
O governador seguindo ordens expressas do rei de França, não atende ao pedido dePalheta. Porém a Madame d’Orvilliers, esposa do governador da Guiana Francesa, não resiste aos atrativos do jovem tenente e quando Palheta já regressava ao Brasil, ela envia-lhe um ramo de flores onde, dissimuladas pela folhagem, se encontravam escondidas as sementes a partir das quais haveria de crescer o poderoso império brasileiro do café – um episódio bem apropriado para a história deste grãotão sedutor.
Do Pará, a cultura passou para o Maranhão e, por volta de 1760, foi trazida para o Rio de Janeiro por João Alberto Castelo Branco, onde se espalhou pela Baixada Fluminense e posteriormente pelo Vale do Paraíba.

Do cultivo à exportação

O surto e incremento da produção do café foram favorecidos por uma série de fatores existentes na época da Independência:
As culturas do...
tracking img