A pobreza no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1602 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]









































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 Análise de charges 4
2.1 Resenha crítica.......................................................................................................6
3Conclusão..................................................................................................................9
4 Referências.............................................................................................................10
INTRODUÇÃO

Neste trabalho será feita uma análise de três charges com temas envolvendo política e pobreza, tema muito discutido nos tempos atuais. Vemos a crescente pobreza, ocasionada por falta de emprego oque acaba por desencadear problemas habitacionais, de saúde, assistência social, violência entre outros.
Desta maneira, será falado sobre nepotismo, política no Brasil e desigualdade social.


Análise de charges





Com base nas aulas de Ciência Política, aprendemos que comportamento político significa a atitude que uma pessoa assume diante das questões de naturezapolítica. Em uma sociedade como a nossa, onde impera uma cultura de desinteresse e descaso pelo bem comum e pelas coisas públicas, é comum observar atitudes descompromissadas em relação à política. Mesmo diante de problemas graves, como a corrupção, os desvios de dinheiro público, os particularismos, entre outros, há pouca mobilização da sociedade o sentido de pôr fim aos mesmos.


Nepotismo éo termo utilizado para designar o favorecimento de parentes (ou amigos próximos) em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos. Nepotismo ocorre quando, por exemplo, um funcionário é promovido por ter relações de parentesco com aquele que o promove, havendo pessoas mais qualificadas e mais merecedoras da promoção. Alguns biólogossustentam que o nepotismo pode ser instintivo, uma maneira de seleção familiar. Parentes próximos possuem genes compartilhados e protegê-los seria uma forma de garantir que os genes do próprio indivíduo tenham uma oportunidade a mais de sobreviver. No caso da charge, podemos afirmar que existe um fato de nepotismo, pois o pai precisa colocar os parentes mais próximos para trabalhar e ajudar nosustento da família.




Atualmente falamos muito em globalização, sistema capitalista e neoliberalismo. Porém, se observarmos o constante crescimento da economia veremos que este avanço não contribuiu para amenizar ou eliminar as desigualdades e disparidades sociais presentes na sociedade. Vemos a crescente pobreza, ocasionada pela falta de emprego, o que acaba por desencadear problemashabitacionais, de saúde, assistência social, violência, entre outros. O avanço econômico não gerou desenvolvimento social, e, em alguns momentos até o agravou, deixando muitos indivíduos a mercê da própria sorte. Nessa charge vemos uma grande desigualdade social, onde o que tem mais consegue ter uma vida melhor, enquanto aquele que tem menos, mesmo na velhice fica na pior.1. – Resenha crítica
A produção do conhecimento sobre pobreza e temas afins no Brasil: uma análise teórica


Podemos perceber que embora a pobreza se constitua numa temática tradicional das ciências sociais, no Brasil, são ainda os economistas mais preocupados com esta questão do que os cientistas políticos, cientistas sociais, educadores, assistentessociais, psicólogos, dentre outras formas do saber.
A pobreza sempre foi definida à luz da economia que ainda são, sem dúvidas, as análises prevalentes sobre as demais; e segundo, a legitimidade oficial do discurso competente economicista no país – o chamado “economês” - em face do modelo econômico dominante defendido e amplamente implantado pela tecnocracia brasileira.
Por outro lado,...
tracking img