A pedagogia social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1174 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Função da escola e do educador no processo de construção do saber do educando e a preparação deste para o mercado de trabalho.

O homem em sua evolução está em busca freqüente pelo conhecimento, pois este é um meio necessário para alcançar seus objetivos, e nos dias de hoje à busca incessante pelo conhecimento passou ser mais do que um diferencial na formação dos cidadãos.A escola e o professor são peças fundamentais neste processo, pois através deles que o homem consegue alcançar seus objetivos.
A esse respeito, Libâneo (1998), afirma que a escola com a qual sonhamos deve assegurar a todos a formação que ajude o aluno a transformar-se em um sujeito pensante, capaz de utilizar seu potencial de pensamento na construção e reconstrução deconceitos, habilidades e valores.
A função da escola é diversificada, complexa e ampla. A escola tem como missão de acordo com a legislação promover o pleno desenvolvimento do educando, preparando-o para a cidadania e qualificando-o para o mercado de trabalho.Para dar sustentação às contínuas evoluções, a escola precisa acompanhar as mudanças que se processam aceleradamente no campo detrabalho, atualizando o seu currículo e sua metodologia. Construindo conteúdos curriculares que estabelecem uma relação entre a teoria e a prática através de situações próximas da realidade do educando, permitindo que os conhecimentos adquiridos melhorem sua atuação na vida cotidiana.
A escola contextualiza o currículo, fornecendo um conhecimento que faça diferença na vida do educando.Busca por em prática uma relação entre o conhecimento e as ações do dia-a-dia.
Em sala de aula, os educandos são caminhos a serem traçados e o educador, o agente condutor dessa ação. Na sua função social, o educador desenvolve competências para a vida, levando o educando a interagir com o meio em que vive.
A escola deve estar ligada nas transformações colocando aeducação como um ato social de mudança e avanço tecnológico. É fundamental a relação entre conclusão de escolaridade e inclusão no mercado de trabalho. O entorno sociocultural, quando analisado pelo aluno, o motiva para o estudo. Hoje, os jovens sabem que sem educação não se colocarão no mundo do trabalho. As empresas exigem o nível médio de escolaridade para qualquer função, por mais simples que seja.Essa atualidade da educação na sociedade é uma característica não só brasileira, mas mundial.
“A escola deve fazer questão de contribuir nessa evolução, não preparando apenas os cidadãos para a vida, pois ela é a própria vida, um local de vivência da cidadania, (Alarcão, 2001)”.
 É na sala de aula que o educador e educando têm a oportunidade de trocar conhecimentos, deconstruir uma aprendizagem sólida e coletiva, ir além dos conteúdos e, como diz Morais (1998), denunciando a realidade como se apresenta, podendo ser encarada como um dos espaços de resistência.
Para que ocorra este desenvolvimento o educador deve ter clareza da sua função como agente facilitador do ensino-aprendizagem e de profissional responsável pelo sucesso de seus educandos forada escola e no mercado de trabalho.
“É claro que o professor, por si só, não é capaz de transformar a realidade que ultrapassa a escola e tem suas origens no econômico e sociopolítico, mas sua competência com profissional da educação é, com certeza, um dos fatores de grande peso quando pensamos na melhoria da qualidade do ensino” (MOISÉS, 1999).
Segundo Moisés (1999),competente é o professor que não mede esforços na formação de um aluno cidadão, crítico e informado, capaz de compreender e atuar na sua realidade.
Assim como Moisés afirmou acima nos cabe refletir, enquanto professores que somos, sobre o nosso trabalho dentro de sala de aula, se ele esta alcançando os objetivos proposto para o sucesso dos nossos educandos.
È papel do...
tracking img