A pedagogia do oprimido & a tecnologia digital como instrumento de alfabetização e letramento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1655 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A PEDAGOGIA DO OPRIMIDO & A TECNOLOGIA DIGITAL COMO INSTRUMENTO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO



Robervânia Soares da S. Oliveira[1]

Wagner Rodrigues Silva[2]



Durante muito tempo, a alfabetização em nossas escolas era vista somente como codificação e decodificação do alfabeto, de palavras e de textos com frases soltas, como: “A galinhas teve pintinhos, os pintinhos são bonitinhos,a galinhas e os pintinhos saíram para passear, a raposa viu a galinha e os pintinhos, a raposa devorou a galinha e os pintinhos, a galinha é malvada” (Autoria minha).
No entanto, essa visão de alfabetização começou a mudar quando estudiosos e pedagogos como Paulo Freire mostraram que o processo de alfabetização vai muito além da simples codificação e decodificação de palavras e frases soltas.Em razão disso, este ensaio tem por objetivo compreender “A Pedagogia do Oprimido de Paulo Freire”, levando em conta assuntos relacionados à tecnologia digital como instrumento de alfabetização e letramento.
Freire, ao escrever o seu livro, manifesta a sua indignação em relação à situação vivenciada por uma classe de pessoas subjugadas à dominação e aos desejos de uma classe dominante,manifestada pelo autor, através do opressor/oprimido.
Como proposta de superação dessa realidade, o autor defende a aplicação de uma política pedagógica que favoreça o acesso ao conhecimento a todos. Pois sabemos que o acesso ao conhecimento pode ajudar o educando em seu processo de ensino aprendizagem.
Por falamos em conhecimento, temos observado ultimamente, o avanço da tecnologia digital embenefício à alfabetização e letramento, tanto de crianças, jovens e adultos. Por isso, que


a presença de artefatos tecnológicos e linguagens próximas do universo de interesses do aluno proporcionam o acesso a uma gama diversa de manifestações de idéias, permitem a expressão do pensamento imagético e criam melhores condições para a aprendizagem e o desenvolvimento do ser humanoe da civilização. (ALMEIDA & PRADO, 2005, p.3)




Em relação também a esse assunto, podemos ver no artigo “E-mail as Genre: A Beginning Writer Learns the Conventions”, que os e-mails são usados como meios de comunicação, em que as crianças realmente escrevem e aprendem coisas diferentes, “por causa da relação dinâmica entre o meio tecnológico e o processo de composição”. (WOLLAMN-BONILLA,2003, p. 2)
Esse avanço da tecnologia digital em benefício à alfabetização e letramento, não se enquadra na “concepção ‘bancária’, educação como instrumento da opressão” criticada por Freire, devido o educando não passar de um mero agente passivo, disciplinado e sem voz altiva. Ou seja, o educando na “concepção bancária” é levado a ser uma pessoa incapaz de pensar, refletir, compreender ecriar, como também a ser uma pessoa que deve está sempre pronta para receber as informações repassadas pelo professor.
Contudo, para que haja mudanças em relação a essa concepção bancária, onde é levado em conta somente a voz do educador sabe tudo, é preciso que as entidades superiores responsáveis pela educação, quanto os professores e os gestores pensem na necessidade de teremconsciência de que o uso de tecnologias permite redimensionar os espaços de ensinar e aprender, sonhar e amar, vislumbrando a provisoriedade do conhecimento, as novas possibilidades das práticas da escola, a necessidade da formação continuada para atender às características de mudança da sociedade atual e para resgatar o valor do saber e a sensibilidade do ser. (ALMEIDA & PRADO, 2005,p.4-5)


Porém, apesar do uso de tecnologias, como computadores, internet e vídeos contribuírem para o processo ensino aprendizagem, não podemos deixar de pensar que nem todos possuem computadores, nem mesmo têm acesso a internet. Por essa razão, é “que o letramento digital soa como luxo para muitos cidadãos”. (RIBEIRO, 2002, p. 28) Ou seja, enquanto alguns têm acesso ao conhecimento através do...
tracking img