A pós-modernidade segundo Zygmunt Bauman (do vídeo “Fronteiras do Pensamento”)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1222 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A pós-modernidade segundo Zygmunt Bauman
(do vídeo “Fronteiras do Pensamento”)


Quem é Zygmunt Bauman?

Zygmunt Bauman é um sociólogo polonês, que construiu a carreira na Polônia, onde teve artigos e livros censurados, Canadá, EUA, Austrália e Inglaterra. Considerado um grande intelectual, escreveu mais de 50 livros, recebeu prêmios por suas obras e hoje atua como professor nasuniversidades de Leeds e Varsóvia.


O mundo pós-moderno: a condição social

Bauman explica que a única herança que o século 20 nos deixou foi o individualismo, que proveio da mudança de uma sociedade produtiva para uma sociedade consumista. O modo de pensar do indivíduo agora é egocêntrico, buscando até mesmo soluções individuais para problemas sociais.
Além disso, hoje há uma grande dificuldade dese pensar num projeto de uma vida inteira, como era feito antes. Não conseguimos pensar no que acontecerá conosco no futuro, até mesmo próximo, de acordo com as nossas vontades, pois a vida está muito dinâmica e isto nos impede de planejá-la inteiramente.


Identidade

A identidade de um indivíduo hoje não é herdada, ela é criada, e deve ser redefinida durante toda sua vida. Isto ocorreporque, novamente, a dinâmica intervém mudando a todo o momento os estilos de vida, a maneira do ser pensar e de definir o que é ou não bom para ele.


Pós-modernidade

Apesar de todas essas mudanças que ocorreram no final do século XX, Bauman não consegue definir o que é ou não duradouro na sociedade pós-moderna e o que vai ou não influenciar na vida das próximas gerações. Estas mudanças podemse tratar tanto de uma nova forma de vida, quanto de um período de transição para uma nova ordem social.


Um mundo interdependente

A globalização tornou o mundo interdependente, como se fosse um único e grande país, ou seja, todos dependemos uns dos outros, não importa onde estejamos. Como num efeito borboleta, o que acontece conosco deste lado do globo, interfere no o que ocorre com outroindivíduo do lado oposto e vice-versa, independentemente de se ter conhecimento dos acontecimentos ou não.


Dilema Ambiental

Nossos antepassados acreditavam que a natureza deveria suprir todas as necessidades deles, como se ela nos oferecesse recursos infinitos. Hoje isso acabou, pois percebemos que a natureza estava em seu limite e decidimos, então, tratá-la com respeito, fazendo com queela nos privilegie com seus recursos, mas de maneira sustentável.


O futuro da democracia

A democracia é uma política que está em decadência, pois ela depende do poder do Estado para se manter e este não tem poder suficiente para concretizar todas as promessas que fez, desde os anos 50. Além disso, ele oferece cada vez menos aos cidadãos, o que põe em dúvida a qualidade da democracia,resultando na separação da política com o poder e, consequentemente, em sua decadência.


Democracia global

Com a democracia em decadência, Bauman acredita que o ideal e o que deve ser feito pelas novas gerações é a invenção de uma nova democracia, ou de novos equivalentes democráticos, em dimensão global. As instituições democráticas devem ser criadas adaptadas às nossas necessidades de agora, deforma a permitir se criar uma comunidade da humanidade.


O problema da autonomia individual e a ágora pós-moderna

Os indivíduos não estão mais preocupados com os problemas de dimensões globais, ou mesmo comunitários. Cada um se preocupa com seus próprios problemas, quer sejam graves ou não. Ninguém discute os interesses em comum da sociedade e nem o que precisa ser feito para melhorar aqualidade de vida geral da comunidade.
Só discutimos os nossos interesses, queremos falar dos nossos problemas sem ouvir os do outro. Os problemas podem ser comuns e se discutidos, poderíamos chegar num consenso do que pode ser feito para ser solucionado, de uma maneira geral, a toda a comunidade.
Na Atenas antiga, havia as Ágoras, onde se faziam discussões políticas e todos os cidadãos tinham...
tracking img