A origem da vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1606 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

O Planeta Terra, segundo pesquisas, formou-se a cerca de 4,6 bilhões de anos por meio do Big Bang. E até então, possuía a superfície recoberta de magma quente.
Os primeiros seres vivos de que se tem notícia datam de 3,5 bilhões de anos atrás.
A ocorrência da vida no nosso planeta só possível devido às mudanças ocorridas nas condições ambientais. Hoje, a Terra possui uma rica evasta diversidade de seres vivos, que vai de bactérias a seres mais complexos.




















1.1 OBJETIVO

Neste trabalho, dissertaremos sobre algumas teorias que podem explicar a origem da vida no Planeta Terra.























2. REVISÃO DE LITERATURA


2.1. GERAÇÃO ESPONTÂNEA OU ABIOGÊNESE

Até meados do século XIX os cientistasacreditavam que os seres vivos eram gerados espontaneamente a partir da matéria bruta. Acreditavam que os vermes surgiam espontaneamente de cadáveres em decomposição; que rãs, cobras, crocodilos eram gerados pelo lodo dos rios.
Essa interpretação sobre a origem dos seres vivos ficou conhecida como a hipótese da geração espontânea ou abiogênese (a= prefixo de negação; bio = vida; gênese = origem– origem da vida sem a presença de um ser vivo, a partir da matéria bruta).
Pesquisadores passaram, então, a contestar a hipótese da geração espontânea, apresentando argumentos favoráveis a outra hipótese: a da biogênese.

2.2. GERAÇÃO A PARTIR DA BIOGÊNESE

Dentre os pesquisadores que passaram a contestar a hipótese da geração espontânea destacavam-se Francesco Redi e Louis Pasteur.
Redi foium dos primeiros a questionar a hipótese da geração espontânea já em meados do século XVII, mas somente com os experimentos de Pasteur, em meados do século XIX, essa hipótese foi definitivamente substituída pela teoria da biogênese, aceita até hoje. Segundo essa teoria, os seres vivos originam-se de outros seres vivos pré-existentes.




2.2.1. OS EXPERIMENTOS DE REDI

Em meados do séculoXVII Redi investigou a suposta origem de vermes em corpos em decomposição. Desses ovos surgem as larvas, que se transformam em moscas adultas. Como as larvas são vermiformes, os “vermes” que ocorrem nos cadáveres em decomposição nada mais são que larvas de moscas. Redi concluiu, então, que essas larvas não surgem espontaneamente a partir da decomposição dos cadáveres, mas são resultantes da eclosãodos ovos postos por moscas atraídas pelo corpo em decomposição.
Para testar sua hipótese, Redi realizou o seguinte experimento: colocou pedaços de carne crua dentro de frascos, deixando alguns cobertos com gazes e outros completamente abertos. De acordo com a hipótese da abiogênese, deveria surgir vermes ou mesmo moscas nascidos da decomposição da própria carne. Isso, entretanto, não aconteceu.Nos frascos mantidos abertos verificaram-se ovos, larvas e moscas sobre a carne, mas nos frascos cobertos com gaze nenhuma dessas formas foi encontrada sobre a carne. Esse experimento confirmou a hipótese de Redi e confirmou que não havia geração espontânea de vermes a partir de corpos em decomposição.
Os experimentos de Redi conseguiram reforçar a hipótese da biogênese até a descoberta dos seresmicroscópicos, quando uma parte dos cientistas passou novamente a considerar a hipótese da abiogênese para explicar a origem desses seres.

2.2.2. OS EXPERIMENTOS DE PASTEUR

Os experimentos de Pasteur estão descritos e esquematizados na página 9, Figura2.
Ausência de microrganismos nos frascos do tipo “pescoço de cisne” mantidos intactos e a presença deles nos frascos cujo “pescoço” haviasido quebrado mostram que o ar contém microrganismos e que eles, ao entrarem em contato com o líquido nutritivo e estéril do balão, desenvolvem-se. No balão intacto, esses microrganismos não conseguem chegar até o líquido nutritivo e estéril, pois ficam retidos no “filtro” formado pelas gotículas no pescoço do balão durante o resfriamento. Já nos frascos em que o pescoço é quebrado, esse...
tracking img