A origem da vida na terra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1181 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A origem da vida na Terra

Introdução

Nosso planeta se originou a cerca de 4,6 bilhões de anos. A existência da Terra está dividida em eras geológicas. O período desde a formação do planeta até 570 milhões de anos atrás é conhecido como era Pré-cambriana. Foi no início dessa era geológica que surgiram moléculas com capacidade de autoduplicação, essasseriam as moléculas que anunciaram a origem da vida.
A atmosfera terrestre possuía uma composição diferente da atual. Acredita-se que essa era composta pelos gases metano, amoníaco, hidrogênio e vapor de água. As fortes descargas de relâmpagos e os raios ultravioleta vindos do sol, teriam promovido uma grande variedade de reações químicas nessa atmosfera. Dessas reações surgiram, entreoutras, moléculas orgânicas simples como álcoois, aminoácidos e açúcares.
Essas moléculas teriam sido arrastadas da atmosfera para os mares pelas chuvas. Nos mares, teriam sido reunidas e formando moléculas orgânicas mais complexas, como as proteínas. As proteínas em meio ácido teriam se aproximado, e formado aglomerados conhecidos como coacervados ou se aproximaram pela variação datemperatura, que ocorria no meio, formando pequenas gotas conhecidas como microsferas.
Os coacervados ou microsferas que possuíssem proteínas enzimáticas e um tipo de molécula originada nas atmosferas primitivas, o ácido nucléico, poderia ser considerado o primeiro ser vivo. Esses seriam capazes de realizar metabolismo e de reproduzir-se, apresentando hereditariedade e assim acapacidade de evoluir.



Primeiras teorias

É certo que através dos séculos, apareceram várias hipóteses sobre a origem da vida na Terra.
Aristóteles no século IV a.C. acreditava na existência de certos princípios ativos ou forças vitais no surgimento da vida a partir de substâncias inanimadas. Surgindoassim a teoria da abiogênese ou geração espontânea (Crença de que a vida poderia surgir a partir de água, lixo, sujeira e outros restos).
Francesco Redi no século XVII, procurando dar uma base experimental à teoria da geração espontânea, elaborou a teoria da biogênese, que defendia a idéia de que a vida só poderia surgir a partir de uma vida pré-existente.
Neste mesmo século um naturalistachamado Anton Van Leeuwenhoek , acidentalmente construindo microscópios, relatou a presença pela primeira vez de bactérias, que se multiplicavam numa gota d´agua, "ressuscitando" assim a teoria da abiogênese. O inglês John Needham aqueceu uma "mistura" e colocou em alguns tubos de ensaio. Em seguida aqueceu-os e fechou. Após alguns dias os tubos estavam cheios de organismos. Querendo assim provar quea idéia de geração espontânea continuava válida.
Na mesma época, as idéias do inglês foram combatidas pelo italiano, Lazzaro Spallanzani, que repetiu a experiência desta fechando os tubos e fervendo os caldos no interior. Neste caso, em horas depois não havia aparecido qualquer tipo de organismos dentro do tubo. Needham criticava as idéias de Spallanzani, dizendo que ao fechar os caldos, elehavia matado o princípio vital.
Apenas na segunda metade do século passado, Louis Pasteur, cientista francês derrubaria de vez as idéias de geração espontânea. Como experimento, ele preparou um caldo e o colocou em dois tipos de frascos:

- Alguns frascos tinham um longo pescoço reto;

- Outros, além do longo pescoço eram curvos, com a forma de um “pescoço de cisne”.

Pasteur ferveutodos os frascos e deixou todos abertos. Ele queria assim mostrar que ar poderia entrar livremente em todos eles.
Resultado: Somente os frascos de pescoço retos apresentavam microrganismos no caldo em seu interior. Os de "pescoço de cisne" permaneceram estéreis o resto do tempo. A partir de observações anteriores, Pasteur teve certeza de que o ar continha inúmeros microorganismos. E que eles é...
tracking img