A origem da moeda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1771 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS
De acordo com o site http://www.bc.gov.br/?ORIGEMOEDA, a origem e evolução do dinheiro começaram com o escambo (Troca de Mercadoria). A moeda, como hoje a conhecemos, é o resultado de uma longa evolução.
* As mercadorias utilizadas para escambo geralmente se apresentavam em estado natural, variando conformeas condições de meio ambiente e as atividades desenvolvidas pelo grupo, correspondendo a necessidades fundamentais de seus membros.
* Moeda-Mercadoria.
* Algumas mercadorias, pela sua utilidade, passaram a ser mais procuradas do que outras.
* Aceita por todos, assumiram a função de moeda, circulando como elemento trocado por outros produtos e servindo para avaliar-lhes o valor(MOEDAS-MERCADORIAS).
* O gado, principalmente o bovino, foi dos mais utilizados.
* O sal foi de difícil obtenção, principalmente no interior dos continentes.
Com o passar do tempo, as mercadorias se tornaram inconvenientes às transações comerciais, devido à oscilação de seu valor, pelo fato de serem fracionáveis e por serem facilmente perecíveis, não permitindo o acúmulo de riquezas.
*Metal: Assim que descoberto, logo foi utilizado para fabricar utensílios e armas anteriormente feitos de pedras.
Vantagens:
* Possibilidade de entesouramento;
* Divisibilidade;
* Raridade;
* Facilidade de transporte e beleza;
* Principal padrão de valor;
Exigências:
* Aferição de peso;
* Avaliação de seu grau de pureza a cada troca;
Moeda em formato de objetos:Moedas Antigas: ( Século VII a.c)

Ouro, Prata e Cobre:

Moeda de Papel: (Idade Média:

Sistema Monetário:
* O conjunto de cédulas e moedas utilizadas por um país forma o seu sistema monetário. Este sistema, regulado através de legislação própria, é organizado a partir de um valor que lhe serve de base e que é sua unidade monetária.
* Normalmente os valores mais altos sãoexpressos em cédulas e os valores menores em moedas.
* Os países, através de seus bancos centrais, controlam e garantem as emissões de dinheiro.
* Cheque
* O dinheiro cada vez mais desmaterializado, assumindo formas abstratas.
O dinheiro, seja em que forma se apresente, não vale por si, mas pelas mercadorias e serviços que pode comprar. É uma espécie de título que dá a seu portador afaculdade de se considerar credor da sociedade e de usufruir, através do poder de compra, de todas as conquistas do homem moderno.

METODOLOGIA DE APURAÇÃO DA INFLAÇÃO
1º ) índice Geral de Preços –IGP
A FGV – Instituto Brasileiro de geografia e Estatística . De acordo com site http://pt.scribd.com/doc/95539478/Atividade-Estruturada, iniciou o cálculo de índices de preços em 1947, coma criação dametodologia do índice Geral de Preço (IGP que, salvo pequenas correções e atualizações, permanece inalterada.
As séries de títulos públicos e ações, preços no atacado, preços de gêneros alimentícios e custo de vida. Estas séries foram calculadas retroativamente até 1944, ano de criação da FGV, e tinham a finalidade de deflacionar o índice mensal da evolução dos negócios.
Três derivações do IGPaconteceram ao longo da história.
1º A separação do IGP em duas versões em 1969- Disponibilidade Interna ( DI) e Oferta Global ( OG).
Principal objetivo: Isolar os efeitos das oscilações dos preços do café.
2º Introdução do Índice Geral de Preços do Mercado ( IGP-M) em 1989, uma versão do IGP para o mercado financeiro.
Diferença: O período da Coleta
3º O IGP-10 em 1993, cuja coleta érealizada entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

2º) Índice de Preço por Atacado- IPA
Seu cálculo é pela FGV, desde 1944. Mede a evolução dos preços nas transações interempresariais e abrangem várias etapas do processo produtivo, anteriores as vendas no varejo;
Pesquisas: Matérias-Primas, agrícolas e industriais, produtos intermediários e de uso final. (60%) , além disso , a...
tracking img