A onu e a crise de legitimidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ONU E A CRISE DE LEGITIMIDADE



INTRODUÇÃO

Fundada em 24 de outubro de 1945, na cidade de São Francisco (Califórnia - Estados Unidos), a ONU (Organização das Nações Unidas) é uma organização constituída por governos da maioria dos países do mundo. É a maior organização internacional, cujo objetivo principal é criar e colocar em prática mecanismos que possibilitem a segurançainternacional, desenvolvimento econômico, definição de leis internacionais, respeito aos direitos humanos e o progresso social e sua crise de legitimidade que ouve um conflito muito grande naquele tempo, com vários conflitos e etc.

DESENVOLVIMENTO

A ONU
A ONU (Organização das Nações Unidas) foi fundada no dia 24 de outubro de 1945, em São Francisco, Estados Unidos.
O encontrointitulado de Conferência de São Francisco, realizado entre os dias 25 e 26 de abril de 1945, tinha como finalidade debater acerca da substituição da Liga das Nações por um organismo mais completo e contar com a participação de todos os Estados independentes.

Os principais objetivos da ONU são:

* Manter a paz internacional.
* Garantir os Direitos Humanos.
* Promover odesenvolvimento socioeconômico das nações.
* Incentivar a autonomia das etnias dependentes.
* Tornar mais fortes os laços entre os países soberanos.

Há dois níveis básicos de decisões dentro da ONU: a Assembléia Geral e o Conselho de Segurança. A primeira conta com a participação de todos os membros, uma decisão é tomada com o aval da maioria, em pelo menos dois terços. O segundo é constituídopor quinze membros, desses, cinco possui atuação interrupta e dez com participação rotativa. Os membros permanentes detêm o poder de veto, são eles: Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China.
Com a fundação da ONU, foram criados, conjuntamente, organismos internacionais especializados, dentre os principais então: FMI (Fundo Monetário Internacional), BIRD (Banco Internacional deReconstrução e Desenvolvimento), GATT (Acordo Geral de Tarifas e Comércio), OIT (Organização Internacional do TRABALHO), FAO (Organização de Alimentação e Agricultura) e UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).
No dia 10 de dezembro de 1948, uma Assembléia das Nações Unidas realizou a Declaração Universal de Direitos Humanos. Em 2009, o tema escolhido paracomemorar o dia Internacional dos Direitos Humanos é “Acolha a diversidade, acabe com a discriminação”.
A ONU promoveu, no ano 2000, a Cúpula do Milênio, obtendo a participação dos líderes de praticamente todos os países do mundo, nesse evento foi instituída uma declaração, onde estão estipulados alvos com previsão de serem cumpridos até 2020. Entre as metas está a de promover melhorias naqualidade de vida de pelo menos 1,2 bilhões de pessoas que sobrevivem com uma renda inferior a um dólar por dia.

* Bandeira da ONU (Organização das Nações Unidas)

A CRISE DE LEGITIMIDADE

A ONU e a crise de legitimidade Funções do C.S.: Investigar disputas e conflitos, propor soluções, propor sanções contra países etc. Multilateralismo quebrado pelos EUA e Inglaterra na invasão doIraque (2003). Composição do C.S. Não expressa à correlação de forças da atualidade. Brasil, Alemanha, Índia etc., desejam participar C.S. Como membros permanentes.
O Conselho de Segurança pode investigar disputas e conflitos internacionais ou no interior de um país, propor soluções visando a acordos de paz e adotar sanções que vão desde o corte das comunicações ou das relações diplomáticas atéo bloqueio econômico. Em último caso, pode autorizar o uso da força militar, como ocorreu em intervenções na Somália (1993), na Guerra de Kosovo (1999) e na ocupação do Afeganistão (2001), todas sob a liderança dos Estados Unidos.
No ano de 2002, o presidente George W. Bush iniciou uma forte campanha contra as ações militares do governo iraquiano. Em diversas ocasiões, denunciou a presença...
tracking img