A obra "pais e filhos"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1845 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO:
A obra “Pais e Filhos” do russo Ivan Turgueniev, um romance político, teve grande repercussão quando foi publicada. É considerada a obra-prima do autor, onde se apresentam, no decorrer da história, cenas que relatam seria o cotidiano nos mujiques após a Revolução Emancipatória da Rússia em 1861, uma revolução liberal. Além de ser a obra que popularizou o termo niilismo, que é vividopelo personagem Bazaróv.
Ivan Turgueniev tem uma história de vida que justifica o porquê de suas preferências (ou falta delas) políticas. Foi criado por uma mãe muito severa, tanto com ele quanto com os servos. Presenciou muitas cenas de humilhação que os servos sofreram nas mãos de sua mãe, fatos que o marcaram profundamente e, sem dúvidas, o influenciaram na sua forma liberal de pensar. Oromancista se preocupava com o que os outros acreditavam, tinha o dom de compreender as preferencias alheias, era totalmente empático. Observava muito as controvérsias políticas, como, por exemplo, o conservadorismo e liberalismo. O conflito de gerações também é um tema abordado da obra, que sugere o nome, onde dois personagens centrais, pai e filho, (Nicoláu Pietróvitch e Arcádio) da obra secontradizem nos ideais e princípios (ou falta deles) devido às experiências de vida diferentes.
O personagem na obra, o Bazaróv, que é colocado como niilista nega tudo e toda autoridade, nega a religião, a arte, a política, o amor e a medicina. Não crê em princípios e critica quem crê. É um personagem que instiga bastante, provoca um incomodo sem igual a todos os personagens da ficção. Sua forma deencarar a vida, sem princípios, foi muito além da ficção atingindo e influenciando os leitores da obra russa.
O modo de pensar sugerido pelo niilismo se difundiu pela Rússia de forma que, possivelmente, nem mesmo Turgueniev esperava. O autor foi acusado por muitos como responsável pelas revoluções radicais no país. A corrente niilista é ainda adotada por muitos, confundida muitas vezes com o ceticismo.Muitos grupos revolucionários russos foram julgados como niilistas, sendo que muitas vezes não adotavam essa corrente filosófica. Um exemplo conhecido de um niilista real é Friedrich Nietzsche (1844 - 1900), que apesar de não comentar sobre Turgueniev em seus escritos, é perceptível que a inspiração do mesmo se encontra, de alguma forma, na obra “Pais e Filhos”.
6
“Niilista – disse NicolauPietróvitch – vem do latim, ‘nihil’, que significa ‘nada’, segundo eu sei. Quer dizer que essa palavra se refere ao homem que... em nada crê ou nada reconhece?”
“(...) O niilista é o homem que não se curva perante nenhuma altoridade e que não admite como artigo de fé nenhum princípio, por maior respeito que mereça...”.
“Antes havia hegeliestas, hoje há niilistas. Veremos como poderão viver no vácuo,no espaço sem ar”.
IDEOLOGIA LIBERAL RUSSA ABORDADA NA OBRA:
A Rússia, na época em que a obra de Turgueneiv foi criada e publicada (1881), vivia um momento de transição. Era a Rússia Imperial que buscava a modernização. Com os conflitos que o país enfrentou com Napoleão houve, como consequência, adesão às ideias liberais que foram absorvidas da França e na Europa Ocidental. No império deNicolau I os servos ainda eram obrigados a trabalhar em propriedades que não era suas e nem tinha direito de tê-las. Seu sucessor, Alexandre II (época da obra “Pais e Filhos”) trouxe para o país a inovação que seria a libertação dos servos, os quais passariam a ter direito às terras. Seriam medidas reformistas em busca da modernização. O país de economia praticamente agrária e atrasada queria se tornareficaz dentro do modelo capitalista.
O Czar Alexandre II foi assassinado por um grupo radical opositor ao regime (possivelmente os niilistas), fato que justifica certa estagnação da reforma que estava em andamento no país. Houveram seguidas derrotas políticas da Rússia nos séculos XIX e XX. Além da Revolução Russa em 1917 e fim da era czariana.
O liberalismo na essência seria a ideia de...
tracking img