A nova branca de neve e os 7 anões

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1044 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A nova Branca de Neve e os 7 Anões

E

ra uma vez uma menina de cabelo preto como carvão. Esta jovem de 18 anos chama-se Íris, a Branca de Neve. Íris foi criada pelo seu pai, que é canalizador, e por trabalhadores da construção civil, que trabalhavam com este. A mãe de Íris morreu quando esta tinha apenas 9 anos, deixando à filha uma caixa com recordações do seu tempo de faculdade. Para ondeÍris ia agora, esta gostava de frequentar mesma república que a mãe, a república Kappa. Chegada à universidade, Íris conhece a sua colega de quarto: - Olá! Eu sou a Filipa, mas podes chamar-me Pipa. – Cumprimentou-a a colega de quarto. - Olá! Eu sou a Íris. Como estás? -Íris?! Íris Solnado, filha de Marco e Teresa Solnado, que foi uma Kappa da classe de 1980? – inquiriu Pipa muito entusiasmada. -Sim. Desculpa não ter investigado o teu passado. - Tu és a outra herdeira. Vamos ser irmãs. – afirma Pipa com um entusiasmo crescente – A minha mãe também foi Kappa, por isso é que se diz que somos herdeiras. – continuou, percebendo o ar desnorteado de Íris. -Vamos ser irmãs! – exclama Íris com um gritinho histérico. Já na Rua Grega, local onde se encontram as repúblicas mais populares e de origemgrega, excepto o Vórtice. O Vórtice localiza-se ao fundo da Rua Grega e é onde se instalam “aqueles que não pertencem alugar nenhum”, que se sentem postos de parte. Íris e Pipa iam a caminho da sua primeira festa de caloiras. Entretanto, um rapaz, que está sentado com uns amigos no pátio da sua república, atira uma bola contra um rapaz, propositadamente. Porém, antes de a bola bater no rapaz, Írisapanha-a. - Estás bem? – perguntou-lhe Pipa. - Eu…eu…eu… - gaguejou e foi-se embora. - Para a próxima tem mais cuidado. – gritou Íris ao atirador. Íris chutou a bola para lha devolver e acertou-lhe em cheio. Um dos seus amigos levantou-se e veio ao encontro das duas jovens: -Tens noção que acabaste de humilhar o capitão da equipa de futebol? – interrogou. - Espero que ele fique no banco. –afirmou Íris. - David Medeiros, presidente da república Beta. – apresentou-se, David que é o “Príncipe Encantado”. - Íris Solnado, sem título. Esta é a minha amiga Pipa. - Olá! – cumprimentou-o Pipa – Podes-nos indicar onde fica a república Kappa? Estamos perdidas. - Ok! Vou ser o vosso guia. A química entre David e Íris foi imediata. Enquanto lhes mostrava o caminho ia-lhes falando um bocadinho sobre ahistória da universidade e das respectivas repúblicas. Nesta primeira festa, Íris ficou a conhecer a presidente da república e da associação de estudantes, Raquel Silva, a “Bruxa Má”. Como caloira Kappa, Íris foi posta à prova em vários desafios, num deles conheceu um rapaz, Pedro, que tinha a mania que estava sempre doente e, por isso, andava com medicamentos para tudo na mochila juntamente comos livros. Pedro é um dos sete anões que dá pelo nome de Atchim.

No mês que se seguiu, Íris só falou mais uma vez com David, durante uma praxe em que tinha de limpar as casas de banho da república Beta. No entanto, Raquel separa-os e manda-a de volta para o trabalho. A presidente das Kappa invejava Íris, pois toda a gente gosta dela e, principalmente, David também gosta dela. Nessa mesma tardehouve uma reunião por causa do baile em que todas as caloiras se iam tornar Kappas: - Como todas sabem, amanhã à noite é o “Baile da Passagem”. – discursava Raquel – E como diz a tradição, as finalistas devem emprestar-vos um dos seus vestidos para o baile. – continuou, enquanto tirava, à sorte, um papel de um saco com o nome de todas as caloiras – A primeira premiada vai receber um dos meusmelhores de Milão. E essa será… Íris Solnado. Toda a gente a felicita, excepto Raquel, claro. Depois do sorteio, Raquel vai ao seu quarto com Íris, para lhe entregar o vestido. Logo que chegaram ao quarto, uma rapariga, que ia com elas, pergunta a Raquel se podia ir ao seu computador ver a votação “Giras ou não”. - “Giras ou não” o que é isso? – perguntou Íris. - É uma votação da escola para saber...
tracking img