A necessidade das escrituras no cotidiano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1082 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A NECESSIDADE DAS ESCRITURAS SAGRADAS NO COTIDIANO
Osvaldo Teixeira Sampaio Filho
Instituto Teológico Quadrangular ITQ
Curso livre em teologia a distancia – CLT/EAD
2ª. Edição – calendário 2012

Resumo

A cada dia que passa vemos que há uma grande inversão de valores que estão em desacordo com padrões cristãos de viver, nesse enfoque tão moderno e atual constatamos que não há mais aquelapreocupação em transmitir valores eternos, mas valores mundanos e imediatistas, assim as Sagradas Escrituras tem um papel de suma importância no cotidiano daqueles que se dizem cristãos. Veremos através deste Paper que as sagradas escrituras nos indicam um caminho com valores morais; éticos; e de caráter a serem seguidos.

Palavras-chave: Escrituras; valores; homem.

1- INTRODUÇÃO

Muito temse discutido sobre valores, família céu e inferno. As Escrituras contém doutrinas santas, por que aquele que as revelou é Santo, está repleta de preceitos que são leis, com histórias surpreendentes de homens que deixaram tudo para servir o Deus Único. Suas decisões são irrevogáveis. E diante de tudo isso, qualquer cristão, tem como objetivo buscar compreender a origem, os propósitos e o que elanos apresenta como sendo a Palavra de Deus, porque ela nos apresenta a condição indispensável para conhecermos melhor a boa, agradável e perfeita vontade Deus (Rm. 12:2) e, conhecendo melhor esta vontade, podemos aprender a cumpri-la em nossas vidas e através de nossas vidas com o propósito de compartilhá-la com nossos semelhantes.


2- A BÍBLIA COMO FORMADORA DO CARÁTER.

Caráter é como umamarca impressa que nos define e distingue uma marca registrada que cada um constrói através de escolhas e atitudes diárias. As sagradas escrituras estão cheias de exemplos e escolhas que definiram o caráter de grandes heróis bíblicos como o do Rei Davi, que depois de atentar contra a vida de Saul, lembrou-se das escrituras e o que elas diziam sobre todos aqueles que tocam em um ungido do Senhor“Que o senhor me livre de fazer tal coisa a meu senhor, de erguer a mão contra ele, pois e o ungido do Senhor” (1 Sm 24:6)
Este episódio na vida de Davi moldou o seu caráter e serviu não somente de exemplo para seus soldados, mas para todos. Sua escolha de não tocar em um escolhido e ungido de Deus marcou a sua vida e influenciou tantas outras.
Assim deve ser a vida de todo cristão: moldada einfluenciada pelas Escrituras todos os dias mesmo tendo vários exemplos negativos que não condizem com suas convicções.
Ao termos o caráter tratado, podemos perdoar com mais espontaneidade, até em coisas absurdas aos olhos humanos. Passamos a ter condições de executar o perdão. Pois as mágoas fazem nosso coração morrer aos poucos e os conflitos nos corroem a alma. Perdoando aos nossos ofensores,passamos a ser mais servos uns dos outros, chegando desta forma a ser parecidos com “Aquele” que um dia se fez servo e deixou a mensagem de reconciliação dos homens para com Deus. O elo que faltava, e que aceitamos como aliança. Passamos a nos alegrar na tristeza e chorar na alegria, regozijando na misericórdia, pela onipresença de Deus em nosso coração, pois ao chorarmos na alegria, sentimos abondade de Deus para com aqueles que um dia ele chamou para aceitá-Lo como Senhor. Daí a caminharmos num padrão de generosidade para com todos.

A BIBLIA COMO VERDADE

“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir em justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente preparado para toda boa obra”. (2Tm 3.16-17)
A regra cristã doque é ou não é aceitável para os cristãos é a Palavra de Deus. Atualmente podemos ver que há alguns que querem perverter esta verdade e mudar os princípios da Palavra de Deus como reguladora da fé cristã e "implantar outras verdades", que não são verdades inspiradoras. Alguns "cristãos" estão aceitando, em nome de uma falsa fraternidade, erros doutrinários tais como: aprovação da união...
tracking img