A natureza do atrito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
I. Apresentação
Em física, o atrito é o componente horizontal da força de contato que atua sempre que dois corpos entram em choque e há tendência ao movimento. É gerada pela aspericidade dos corpos. A força de atrito é sempre paralela às superfícies em interação e contrária ao movimento relativo entre eles. Apesar de sempre paralelo às superfícies em interação, o atrito entre estassuperfícies depende da força normal, a componente vertical da força de contato; quanto maior for a Força Normal maior será o atrito. Passar um dedo pelo tampo de uma mesa pode ser usado como exemplo prático: ao pressionar-se com força o dedo sobre o tampo, o atrito aumenta e é mais difícil manter o dedo se movendo pela superfície. Entretanto, ao contrário do que se poderia imaginar, mantidas as demaisvariáveis constantes, a força de atrito não depende da área de contato entre as superfícies, apenas da natureza destas superfícies e da força normal que tende a fazer uma superfície "penetrar" na outra.
A energia dissipada pelo atrito é, geralmente, convertida em energia térmica e/ou quebra de ligações entre moléculas, como ocorre ao lixar alguma superfície.
Uma pinturarupestre, descoberta em uma gruta de El Bershesh (Egito), datada de 1880 a.C., mostra centenas de escravos tentando locomover, por intermédio de cordas, um colosso com a ajuda de grandes elefantes.
Curiosamente, percebe-se, não muito nitidamente, a existência do que se supõe serem jarras, presas com amarras aos lombos dos animais; um líquido, escorrendo das supostas jarras, espalha-se pelaspedras do chão lubrificando o percurso a ser percorrido pela descomunal estátua de madeira. Este é um indício da preocupação do homem, desde a Antiguidade, com um dos fenômenos físicos mais comuns e mais complexos estudados pela Ciência, o atrito.
Define-se a força de atrito como uma força de oposição à tendência do escorregamento. Tal força é gerada devido a irregularidades entre as duassuperfícies que estão em contato. Observe a figura abaixo:


1. Figura 1.1- Forças de atrito.



Sumario
I. Apresentação. 1
II. Introdução. 3
III. Contexto.5
III.I Coeficiente de atrito 5

III.II Atrito dinâmico ou Cinético 6

III.III Atrito Estatico7
IV. Conclusão. 9
V. Referencias Bibliográficas. 9


Lista de figuras
Figura 1.1- Forças de atritos 1Figura 2.1- Esquema do estudo do atrito 3

Figura 2.2- Ampliação do contato macroscópico 5

Figura 3.1- Atrito do pneu do carro 7

Figura 3.2- Atrito estático8





II. Introdução
O estudo do atrito, apesar de milenar, começou a ser documentado apenas no final da Idade Média. A primeira documentação sobre o assunto é de autoria de Leonardo da Vinci, o grande sábio da Renascença. Além de seus múltiplos dotes artísticos, da Vinci era amante da Ciência e desenhava, além de máquinas voadoras, diferentes...
tracking img