A moral inserida ao direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A MORAL INSERIDA AO DIREITO

Tanto Moral quanto Direito visam estabelecer o bem estar social para a comunidade que se inserem, desse modo Moralinfluencia em grande parte normas jurídicas aplicadas pelo Direito.
Moral implica em fazer-se o certo por espontaneidade sem que haja necessidade de imposiçãode regras, que é o caso do Direito. O Direito aparece logo depois da Moral, no momento em que esta já não seja o suficiente para manter um bom convíviosocial, necessitando-se assim, de regras obrigatórias e inalteráveis.
Por ser espontânea, a Moral lida com o intimo e pessoal do ser humano, voltando-separa as próprias necessidades. Já o Direito estabelece obrigações concretas e imediatas ligando-se ao exterior do homem.
Os valores aplicados a ambos provêmda cultura, religião, ética, educação e técnica em que se convive, alterando-se conforme região, estado...
Sendo o Direito decorrência destes valores,tenta suprir as necessidades de segurança e ordem na vida social de forma bilateral e definida, onde ao mesmo tempo em que impõe regras, confere direitos.A Moral é somente unilateral, pois se detêm a imposição de deveres, porém estes não são obrigatórios e não sofrem punições caso não efetivados, apenasequivale o consciente pessoal.
Apesar do Direito usar a Moral como base para algumas de suas normas, esta não é obrigatória a ele, somente dividem um campoem que se assemelham quando usados para o bem estar comum, sendo assim tem-se maior aceitação de tais regramentos e imposições para o cumprimento da lei.
tracking img