A menina que roubava livros-resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1823 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS - RESUMO
Quem conta a história é a morte, e ela recolhe as almas dos que morrem e relata com detalhes isso quando conta como levou a alma do irmão de Liesel, que morreu quando ele, Liesel e a mãe iam para Molching onde a mãe deixaria os filhos para serem criados pelos Huberman, que moravam na Rua Himel, 33.
Os Huberman eram um casal que adotavam crianças em troca deajuda do governo. Hans Huberman era o pai adotivo de Liesel, um homem calmo que ensinava Liesel ler e escrever, já que ela ainda não sabia, ele sempre fumava charutos. Rosa Huberman era a mãe adotiva, ela sempre xingava todo mundo, no começo Liesel não entendia pois Rosa sempre xingava em Alemão, mas depois descobriu, Rosa lavava e passava roupa para as famílias rica da região e sempre fazia sopade ervilha para comer.
Liesel roubou seu primeiro livro no enterro de seu irmão quando o coveiro deixou cair na neve, era “O manual do coveiro” e quando chegou a casa dor Huberman o escondeu debaixo do colchão. Mais tarde seu pai encontrou o livro e leu para ela um capítulo por dia. Seu segundo livro ela roubou de uma fogueira no dia do aniversário de Hitler, onde as pessoas da cidade colocaramlá tudo oque não os servia mais, Liesel tentou esconder o livro debaixo da blusa para seu pai não perceber, mas o livro estava quente e ela não aguentou e revelou “O dar de Ombros” ao pai.
Certa vez quando ia buscar roupas para lavar na casa do prefeito da cidade, a mulher que até então nunca havia dito uma palavra convidou Liesel para entrar e a levou até a biblioteca, Liesel ficou admirada comtantos livros e cada vez que ia buscar roupas para lavar ela entrava e ficava olhando os livros na biblioteca.
Hans Huberman havia servido na primeira guerra mundial e tinha escapado da morte graças a seu amigo Erik que contou ao capitão que a letra de Hans era bonita e ao invés de ir a combate ele ficou escrevendo cartas. Seu amigo morreu e o deixou um acordeom. Vinte anos depois, o filho de Erik,Max, procurou Hans para pedir ajuda, pois era judeu e já fazia dois anos que se escondia. Hans escondeu Max em seu porão e teve que explicar a Liesel que ela não podia contar a ninguém sobre Max ou eles poderiam levar todos embora e ela nunca mais os veria. Em seu aniversário Liesel ganhou o livro “O Vigiador” que Max avia feito para ela.
Sempre que conseguia Liesel levava o jornal para Max lere fazer palavras cruzadas no porão e também emprestava seus livros para ele ler. Mas ficava no porão escuro imaginando estar em um ringue lutando contra Hitler, mas ele sempre era espancado pela multidão. Max havia resolvido pintar as paginas do Meim Kampf de branco para poder escrever outro livro que se chamaria “A Sacudidora de Palavras”
Quando Liesel foi buscar a roupa para lavar na casa doprefeito lhe deu um livro e demitiu a mãe de Liesel devido aos tempos difíceis da guerra e depois de andar um pouco a menina voltou até lá e devolveu o livro enquanto falava umas verdades à mulher do prefeito.
Na época das frutas, Rudy e Liesel foram roubar maçãs, mas dessa vez o grupo tinha um novo líder, Viktor Chemmel, só encontraram maçãs miúdas e após dividi-las Liesel e Rudy receberam umamaçã e meia e Rudy acabou brigando com Viktor que lhe prometeu revanche.
Em outubro de 1941 Liesel e Rudy resolveram roubar, mas dessa vez foram sozinhos e escolheram a casa do prefeito para isso, Liesel entrou e Rudy ficou vigiando mas ela não queria comida ela queria o livro que havia devolvido para a mulher do prefeito e conseguiu, quando chegaram em suas casas Rudy chamou pela primeira vezLiesel de roubadora de livros.
Na noite de natal Liesel carregou neve para o porão onde os quatro fizeram um boneco de neve, depois de uns dias Max não estava bem e quase caiu no fogo da lareira e foi levado para a cama de Liesel para se aquecer, Liesel tinha medo que ele morresse. No tempo em que Max ficou em seu quarto Liesel sempre lhe levava presentes que encontrava, como uma pedra ou uma...
tracking img