A máquina e a revolta (alba zaluar) resumo

Revolta RESUMO

A Máquina e a Revolta: as oganizações populares e o significado da pobreza
O antropólogo e os pobres: introdução metodológica e afetiva
Alba Zaluar

A pesquisadora Alba Zaluarescreveu livro sobre a pobreza e seus conceitos, titulado A Máquina e a Revolta, tendo como campo de pesquisa o conjunto habitacional Cidade de Deus. Sob o interesse na Antropologia e sociologia,fazendo um estudo sobre a vida dos moradores, a religião, arte, carnaval, violência, entre outros interesses, com o objetivo de analisar o modo de vida das classes populares urbanos do conjuntohabitacional Cidade de Deus.
Ela queria entender como esses moradores que eram considerados como criminosos, traficantes e assassinos, viviam no lugar cujo nome estava estampado em muitos jornais do país,transmitindo medo e insegurança para os brasileiros, incomodando a vista e os negócios, e assim manchando a imagem da bela cidade carioca. Mostrava-se cansada e indignada com a visão pessimista epreconceituosa dos brasileiros com estes moradores.
Alba sentia muito medo e tensão, pois era estranha e mulher de classe superior, além de não conhecer ninguém ali que pudesse prestar-lhes informações doqual necessitava, duvidava que pudesse permanecer lá ou de relacionar-se com as pessoas, deparando-se com um lugar que se confunde com um bairro qualquer de subúrbio com intensa vida social.
Paraela os sinais de miséria social e moral eram visivelmente reconhecidos, pela estrutura e composição material do conjunto. Sua atração e repulsa era a possibilidade de romper uma barreira que separa aclasse trabalhadora pobre das outras classes sociais que gozam de privilégios, tais como “educação”. Ela percebe com isso a invisível e poderosa hierarquia que separa as classes na sociedade.
Elaplanejava seguir como passos de pesquisa primeiramente o reconhecimento do local, seguindo pela socialização e entrevista, após os dois primeiros serem feitos, foi então que as várias entrevistas se...
tracking img