A linguagem de programação lua e sua evolução

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2212 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Linguagem de Programação Lua e sua Evolução

Bruno M. N. Souza, Fernando H. V. Trindade, Luiz C. Santos, Marcos A. Sá

Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese)
Avenida Delmiro Gouveia, 3701 - Shopping Riomar - 2º Piso – Aracaju – SE – Brasil

bmnsouza@gmail.com, contato@fernandohenrique.com, lucassan@hotmail.com, marcos@marksystte.com.br

Abstract. This articleaims to present the Lua programming language and its evolution until its current state. On this trip back in time we discovered the origin of the name, who are the creators, the reason of the appearing and what the main area of use.

Resumo. O presente trabalho propõe-se a apresentar a linguagem de programação Lua e sua evolução até o estado atual. Nesta viagem no tempo nós descobrimos a origemdo nome, quem são seus idealizadores, a razão do surgimento e qual a principal área de utilização.

1. Introdução

Existem duas Luas; não quero dizer que o planeta terra possua dois satélites naturais. Uma Lua, a mais famosa, é este satélite e a outra, menos conhecida por todos os terráqueos, contudo muito difundida no meio computacional é a linguagem de programação Lua, a qual este artigoirá tratar.

A confecção deste artigo foi fundamentada no manual e especificação oficial da linguagem Lua, além de vários documentos e artigos publicados na internet sobre Lua. É imprescindível ressaltar que este artigo não tem o objetivo de ensinar como desenvolver em Lua, mas o de apresentar a história, utilização, evolução e estado atual dela.

2. O que é Lua?

Lua é uma linguagem dedescrição de dados (anterior à XML - eXtensible Markup Language), interpretada, dinâmica, similar às linguagens Perl, Phyton e Tcl. Foi influenciada pelas linguagens Lisp e Scheme. Lua enfatiza o desenvolvimento em múltiplas linguagens, sendo projetada para estender (unir partes de um programa feitas em mais de uma linguagem) aplicações, fornece um meta-mecanismo para a construção de classes e herança, nãoé puramente orientada a objetos.

3. A história de Lua

“A linguagem de programação Lua surgiu em 1993, com a necessidade interna do Departamento de Informática de realizar tarefas difíceis na área da Informática. O primeiro projeto foi realizado numa parceria entre o Departamento de Informática da PUC e a Petrobrás. O apoio de que a Petróleo Brasileiro S/A precisava estava numa das operaçõesmais delicadas da empresa: as escavações. Com essa nova linguagem, a Petrobrás pôde estabelecer um roteiro (pelo computador) detalhado de como seriam conduzidas as escavações. A empresa passou a economizar tempo e conseguiu organizar mais os detalhes específicos das escavações, como temperatura certa da água e local de atuação das escavadeiras.” (http://www.htmlstaff.org/ver.php?id=12282, 02 deOutubro de 2010).

Lua foi projetada e implementada no Tecgraf (Grupo de Computação Gráfica) da PUC - Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro), Brasil no ano em Julho de 1993 por Roberto Ierusalimschy[1], Luiz Henrique de Figueiredo[2] e Waldemar Celes[3].

Antes da linguagem Lua surgir, seus criadores estavam construindo uma linguagem maior denominada SOL (Simple ObjectLanguage), mas resolveram mudar um pouco e reduzi-la. Sendo assim, precisavam de um novo nome, foi aí que alguém sugeriu Lua.

Depois de sua criação, Lua passou a ser bastante utilizada nos projetos da Tecgraf e as melhoras foram acontecendo, a linguagem foi ficando mais robusta, completa, funcional, rápida. A linguagem passou a ser difundida no Brasil e pouco tempo depois no mundo. No ano de 1996 Luafoi apresentada ao público através de dois artigos.

Em Junho de 1996, artigo na S:P&E

• R. Ierusalimschy, L. H. de Figueiredo, W. Celes, Lua - an extensible extension language, Software: Practice & Experience 26(6):635-652, 1996

Em Dezembro de 1996, artigo na Dr. Dobb’s

• L. H. de Figueiredo, R. Ierusalimschy, W. Celes, Lua - an extensible embedded language, Dr....