A leitura no contexto escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1034 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Tema:

A leitura e o aluno no contexto escolar.


Delimitação do tema:

Este projeto visa confabular a imaginação das crianças em busca do despertar de sua criatividade. É notório que o espaço reservado para o conhecimento vem se confundindo entre luz e trevas. Percebemos uma falta de administração no anseio escolar, um vazio de mudanças profundas na pratica de ensino, trabalho deequipe inexistente, envolvimento com o alunado nulo, participação da comunidade inoperante, e pais sem iniciativa. Os dilemas educacionais corroboram para um obscuro processo de ensino aprendizagem. O ensino da leitura no contexto escolar é meramente subjetivo. As alternativas do modelo autônomo de aprendizado estão cada vez mais fora do universo do aluno.

A própria criança é resistente amudanças. Imagine então o universo docente e diretivo das escolas. Essa lacuna a ser preenchida é objeto de extremo desejo de solução. Existe dentro do aluno uma vontade imensa de aprender de desenvolver o hábito de ler. Falta no livro didático um estímulo que atinja o meio de interação do aluno. O formato dos livros didáticos está no padrão da tela do computador. Temos que criar outros meios paraentrarmos na mente dos jovens. A mídia televisiva, o rádio, a mídia impressa e outros elos de linguagem podem contribuir para a divulgação de livros e a consequente leitura. Através deste estudo, vamos enfatizar que a metodologia de conhecer, fazer, conviver e ser, mostrarão brechas para quebrar vícios e gestos alienantes, máscaras sociais, chegando à criação de uma identidade nos nossos alunos,juntamente, com uma visão critica do meio que vivem.

Justificativa:

A leitura é um conjunto de práticas sociais. Unir os vários universos de linguagem dentro do contexto escolar é um desafio dos mais audaciosos. O teatro, o Museu, a música, dança e até mesmo a internet, fazem parte dessas novas linguagens. Nossas crianças encontram dificuldades para explanar suas habilidades de ler e escrever. Aleitura é um bom incentivo para reconhecimento de suas fraquezas. Pois as mesmas entorpecem a mente com fabulosas histórias, que acabam no amanhã, justificando suas escolhas. O ambiente escolar tornou-se obsoleto, pois não temos mais um leitor ideal. Compartilhamos agora com uma defasagem de leitura equivocada. Através de um mecanismo diário, acabam tendo uma classificação superficial deentendimento do texto. A educação desconectou-se do concreto. Textos longos demais fogem no momento da capacidade de formulação de ideias do alunado. Acredito que eles foram doutrinados a pensarem e agirem dessa forma. Temos que mudar esta triste realidade. É um trabalho árduo que deve começar desde as séries iniciais. Porque as dificuldades dos pais, dos irmãos proliferam aos mais novos. Torna-se umasequência congênita dos nossos ancestrais e das últimas gerações. Portanto a formulação de ideias com propriedade pelo aluno é semente que temos que plantar a todo o momento, para colhermos frutos nos próximos anos. Assim, a congruência deste trabalho irá enriquecer a sensibilidade de criar um elemento comunicativo para as mentes dos alunos em relação a prática. A requalificação profissional dos docentesdiante da nova linguagem que estamos vivendo é de grande urgência. O livro didático também é uma ferramenta valiosa dentro desse processo de transformação do ensino. A reformulação do mesmo com conteúdos atuais é mais um caminho a ser seguido.

Objetivos:

· As atividades de expressão proporcionarão o desenvolvimento das capacidades de cooperação, de companheirismo, de desinibição, derespeito, de generosidade, de esforço e de julgamento.

· Proporcionar à criança uma ocupação de acordo com sua própria natureza, fortalecendo-lhe o corpo, exercitando os sentidos, estimulando o espírito que começa a despertar, fazendo com que conheça sua própria natureza e a do próximo.

·. Esclarecer o papel de ler na escola, fortalecendo a mesma.

· Imaginar-se outro, criar situações...
tracking img