A lei da palmada ea dificil missão de educar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (407 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A LEI DA PALMADA E A DIFÍCIL MISSÃO DE EDUCAR

Eurivan Fernandes de Sousa*

O Projeto de Lei 7672/10 que modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente proibindo castigos corporaisou tratamentos que humilhem crianças e adolescentes está sendo considerado um marco por aqueles que abominam a ideia do castigo físico como suposta intenção de educar.
O projeto prevê que paisque maltratarem os filhos sejam encaminhados a programa oficial de proteção à família e a cursos de orientação, tratamento psicológico ou psiquiátrico, além de receberem advertência. A criança quesofrer a agressão deverá ser encaminhada a tratamento especializado.
O ato de bater para educar ultrapassou muitas gerações, é secular. É cultural. E como todo assunto polêmico, que geradiscussões, a lei da palmada também tem provocado debates em todos os setores da sociedade porque, para muitos, transfere para o Estado uma obrigação familiar que só cabe aos pais. “É o Estado invadindo a esferaprivada, atuando num campo que não lhe compete”, afirmam os que repudiam a lei.
Os pais têm como função educar os filhos. Para muitos, principalmente quem levou surras na infância, a lei émuito bem vinda, pois quem apanhou muito, além da conta, sabe que um puxão na orelha com violência ou ajoelhar-se no milho podia até conter naquele momento o intento, mas o rancor, o ódio e a tristezaque se instalava depois da violência, eram devastadores. Por outro lado, há aqueles que afirmam que os castigos e as surras que sofreram durante a infância foram cruciais para se tornarem pessoasmelhores.
Ora, toda criança é um ser em desenvolvimento, e ao longo de toda a infância lidará por certo com assuntos que lhe são curiosos e contestá-los faz parte de um desenvolvimento consideradonormal, saudável. Os Pais, entretanto, tem a obrigação de lhes mostrar o caminho, orientá-los.
Existia um tempo que apenas um olhar bastava.
Educar, portanto, nunca foi uma tarefa...
tracking img