A importancia dos valores (etica, respeito, e etc)frente a necessidade das politicas publicas para efetivação dos direitos humanos no brasil.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1821 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL



A IMPORTÂNCIA DOS VALORES (ÉTICA, ALTERIDADE, RESPEITO E ETC.) FRENTE À NECESSIDADE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL, TOMANDO COMO BASE NA REALIDADE QUILOMBOLA.





A IMPORTÂNCIA DOS VALORES (ÉTICA, ALTERIDADE, RESPEITO E ETC.) FRENTE À NECESSIDADE DAS POLÍTICASPÚBLICAS PARA A EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL, TOMANDO COMO BASE NA REALIDADE QUILOMBOLA.

Trabalho apresentado ao Curso de Bacharelado em Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para o trabalho interdisciplinar , 1º Period




SUMÁRIO

1. Introdução................................................................................... 04
2. A importância dosvalores (ética, alteridade, respeito e etc.) frente à necessidade das políticas públicas para a efetivação dos direitos humanos no Brasil, tomando como base na realidade quilombola........................................................... 05
3. Analise do Aluno ........................................................................ 08
3.Conclusão................................................................................... 09
4. Referências.................................................................................. 10

INTRODUÇÃO

Com o surgimento do capitalismo os negros passaram a ser escravos, onde viviam em condições subumanas, tratados com preconceito e discriminação, que para conquistar seus direitos criaram os quilombos.
Após tantos anos do fim daescravidão, percebe-se que a efetivação dos direitos humanos ainda está distante, pois as desigualdades impedem essa conquista e a busca de valores como o respeito, ética e alteridade que são lutas dos movimentos sociais para que todos possam ser tratados com igualdade, para que assim as diferenças de cada grupo social possam ser respeitadas, e nessa perspectiva a justiça social, a universalização doacesso a bens e políticas públicas para a ampliação e consolidação da cidadania tenta garantir que as diferenças étnico-raciais sejam um motivo para que a diversidade contribua para a compreensão de fenômenos socioculturais.

A importância dos valores (ética, alteridade, respeito e etc.) frente à necessidade das políticas públicas para a efetivação dos direitos humanos no Brasil, tomando comobase na realidade quilombola.

O Brasil é um país marcado pela diversidade de seu povo e é esse misto que monta a nossa identidade e a identidade de cada grupo social e com isso tem-se aumentado as relações de preconceito, desigualdade e descriminação que estão presentes em nossa sociedade.
Com a implantação do Sistema Colonial a mão de obra escrava passou a ter maior importância econômica edesde o surgimento do capitalismo os movimentos quilombolas vêm lutando contra a opressão da elite econômica, que até hoje tentam violar os direitos humanos. A busca pela alteridade, o respeito ao outro e suas diferenças vem acontecendo desde a escravidão, quando aos negros tinham todos os seus direitos violados e eram tratados como bichos que não podiam ser inseridos numa sociedade extremamentepreconceituosa e racista.

“O preto era o mais sacrificado do mundo, a cor preta era escravejada. [...] Depois que acabou o cativeiro ficou uns quarenta anos, cinquentas anos naquela escravidão ainda que nem onça... já não havia mais coro... mais às vezes ainda batiam em algum até matavam mesmo. Mesmo depois da escravidão. Eu fui muito sacrificado na vida de criança... eu tinha um sacrifício danado[...] eu fui escravo do mundo. Eu fui escravo do mundo. Escravo do mundo... meu pai foi escravo de fazendeiro, eu fui escravo do mundo, sofri muito.” Sr. Julião, 81 anos, quilombola, depoimento colhido em 1995.

As relações sociais tem se ampliado e tornado cada vez mais freqüentes debates e discussões sobre as questões raciais em nosso país. E com isso tem se falado mais na diversidade e...
tracking img