A importancia dos jogos nas aulas de educação física

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A presente artigo, nasceu da necessidade de se investigar a importância dos jogos educativos pedagógicos nas aulas de Educação Física. A escolha de trabalhar este tema nasceu da necessidade de investigar a importância do jogo dentro do processo de ensino e aprendizagem nas aulas Educação Física.
A presente pesquisa tem como Objetivo Geral: levar-nos a refletir sobre a importância dosjogos, para o Ensino da Educação Física no Ensino Fundamental. E como objetivos específicos: Observar o valor Pedagógico do Jogo; Lançar um olhar Reflexivo sobre os jogos e a Educação Física. Analisar o Paradigma Quebra-cabeça e Educação Física.
Com o tema e os objetivos traçados a metodologia seguiu dois princípios norteadores; o primeiro de cunho bibliográfico onde à luz de Piaget(1978),Cória-Sabini (1986), Santos(1998), Grossi(2000), Chateau(1987) entre outros que fundamento esta pesquisa, a segunda vertente em forma de pesquisa de campo, onde o instrumento utilizado para a coleta de dados foi a entrevista. Foram entrevistados professores de educação física da Rede Pública de Ensino e analisamos como os mesmos trabalham as atividades que envolvem os jogos dentro das aulas de educaçãofísica e a sua contribuição para a aprendizagem, pois educação se faz com metodologias e estratégias que facilitam o processo de construção de ensino-aprendizagem.
O presente trabalho é antes de tudo um esforço de confirmação de minha convicção de que só a educação liberta, mais um esforço no sentido de transformar o cotidiano de sala de aula em momentos de lazeres e de construção doconhecimento, pois os jogos possibilitam que pequenas luzes se transformem em verdadeiros incêndios que a inteligência possibilita.
E na qual afloram aqui e acolá, pelo exercício de pensar constantemente, com lógica, tendo por bases inocentes propostas com soluções inocentes e divertidas dentro das aulas de Educação Física, passando por intrigantes desafios, com soluções criativas e culminando com problemassérios que induzem o educando a pensar, refletir e realizar descobertas.
Como raciocínios de encadeamentos complexos e certezas,  ao aceitarmos o desafio de um quebra-cabeça estaremos situados entre o limite da diversão e dos raciocínios complexos.
Como se sabe, o cérebro humano é fecundo se devidamente motivado, é capaz de realizar prodígios, em virtude de se saber que dele somente utilizamoscerca de 5% do seu potencial. Onde, como e quando, para que e por que buscar domínio do potencial restante? As respostas pra mim são claras e cabe ao leitor deduzir que a resposta é óbvia. Depende do seu referencial evolutivo. E isto eu respeito. Aproveito também a ocasião, para sugerir a inclusão de jogos diários nas aulas de Educação Física, assim como também: enigmas, adivinhações equebra-cabeças dentro da disciplina como procedimento didático por parte dos professores de Educação Física. Pode parecer estranho à inclusão dessa proposta, por exemplo, numa aula de Biologia, Geografia, ou ainda, Português, mas acredito ser de fundamental importância nas aulas de Educação Física.
Alguém já tentou? Nas minhas aulas de Educação Física foi possível. É gratificante.
O material a ser utilizado,quer seja para diversão, quer seja para fins didáticos, costuma ser de baixo preço, e em geral confeccionado pelo próprio professor ou aluno. O importante é que ele fique a disposição dos alunos, seja ele de fácil acesso e tenha tamanho que permita o transporte fácil à manipulação em ocasiões diferenciadas.
É evidente que esta idéia de trabalhar com jogos levará alguns anos para ser implantada eno meu entendimento, deverá conduzir os educadores e educandos a uma postura de fato positiva e nova, na arte de ensinar e aprender dentro da disciplina de Educação Física.

Para Grossi:
O jogo é uma provocação, mas não pode ocorrer o tempo todo. Aprende-se em um constante movimento de estabilização para confortar e desestabilização para aprender o novo; por isso nossas investigações...
tracking img