A importancia do ato de ler

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (752 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A importância do ato de ler.
A leitura do mundo precede a leitura da palavra, daí que a posterior leitura desta não possa prescindir da continuidade da leitura daquele. A compreensão do texto a seralcançada por sua leitura crítica implica a percepção das relações entre o texto e o contexto.
Ao ir escrevendo esse texto, ia “tomando distancia” dos diferentes momentos em que o ato de ler seveio dando na minha experiência existencial. Primeiro, a “leitura” do mundo, do pequeno mundo em que me movia; depois, a leitura da palavra que nem sempre, ao longo de minha escolarização, foi aleitura da “palavramundo”.
No esforço de re-tomar a infância distante, a que já me referi, buscando a compreensão do meu ato de ler o mundo particular em que me movia, permitam-me repetir, re-crio,re-vivo, no texto que escrevo, a experiência vivida no momento em que ainda não lia a palavra.
Na medida, porem, em que me fui tornando íntimo do meu mundo, em que melhor o percebia e o entendia na“leitura” que dele ia fazendo, os meus temores iam diminuindo.
Mas, é importante dizer, a “leitura” do meu mundo, que me foi sempre fundamental, não fez de mim um menino antecipado em homem, umracionalista de calças curtas. A curiosidade do menino não iria distorcer-se pelo simples fato de ser exercida, no que fui mais ajudado do que desajudado por meus pais.
Por isso é que, ao chegar áescolinha particular de Eunice Vasconcelos, cujo desaparecimento recente me feriu me doeu e a quem presto agora uma homenagem sentida, já estava alfabetizado. Eunice continuou e aprofundou o trabalho de meuspais. Com ela, a leitura da palavra, da frase, da sentença, jamais significou uma ruptura com a “leitura” do mundo. Com ela, a leitura da palavra foi a leitura da “palavramundo”.
Continuando nesteesforço de “re-ler” momentos fundamentais de experiências de minha infância, de minha adolescência, de minha mocidade, em que, como aluno do chamado curso ginasial, me experimentei na percepção...
tracking img