A importancia do associativismo na comunidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1385 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A IMPORTANCIA DO ASSOCIATIVISMO NA COMUNIDADE

PROJETO DE AÇÃO

Santa Luz / BA
2011

A IMPORTANCIA DO ASSOCIATIVISMO NA COMUNIDADE
PROJETO DE AÇÃO

APRESENTAÇÃO

O associativismo constitui-se numa exigência histórica e profunda de melhorar a qualidade da existência humana. O social é a ambiência normal do humano.
O associativismo é tido como uma das melhores possibilidades, poisfaz com que a troca de experiências e a convivência entre as pessoas se constituam em oportunidades de crescimento e desenvolvimento.
No Artigo 174, § 2º, da Constituição Federal Brasileira está consagrada a liberdade de associação quando estabelece que “a lei apoiará e estimulará o cooperativismo e outras formas de associativismo”.
Ela determina ainda em seu Artigo 5º - Inciso XVIII que a “acriação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem de autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento”.
Nesta discussão o associativismo se faz entendido como uma força estratégica para a melhoria das condições locais de vida das pessoas e de uma população, sob todas as suas dimensões, culminando com a ideia de desenvolvimento.
A esse respeito observaFrantz (2002, p. 25), “(...) potencialmente, o associativismo, a cooperação, contêm o desenvolvimento local (...). A associação expressa uma relação dinâmica, uma relação em movimento, em direção a um lugar melhor pela cooperação”.
Acrescenta ainda que “o desenvolvimento é um processo também fundado em relações sociais associativas, das quais podem nascer formas cooperativas”.
Observa-se que aquise revela um espaço à participação extensiva e intensiva dos recursos humanos em que a co-responsabilidade remete a parcerias estáveis e para relações mutuamente proveitosas, cujas transformações não ocorre da noite para o dia, mas sim caminhando em etapas, solidariamente, e sustentadamente, capturando a sinergia liberada.
Sergio C. Buarque (2002, p. 25) conceitua desenvolvimento local “comoum processo endógeno de mudança, que leva ao dinamismo econômico e à melhoria da qualidade de vida da população em pequenas unidades territoriais e agrupamentos humanos”. O desenvolvimento posto como um modelo que contém uma perspectiva nascida, fortalecida e sustentada na auto-organização social é o aqui acolhido.
“No processo do desenvolvimento local é imprescindível o reconhecimento damultiplicidade e diversidade das potencialidades humanas”. A seu ver o nosso modo de ser e de fazer as coisas carrega marcas profundas de uma cultura de competição e da lógica do mercado.
No reconhecimento dessas marcas está a raiz da discussão sobre desenvolvimento local.
“A via do associativismo fomenta um debate permeado de pontos e contrapontos onde o diálogo abre caminho para a reconstrução,para o desenvolvimento” e onde, conforme salienta Arruda (apud Frantz, 2002, p. 29), (...) a diversidade do conjunto de talentos, capacidades, competências que constituem a singularidade e a criatividade de cada um.
A comunidade Nova Esperança localiza-se entre os bairros Novo Horizonte e Jardim Brasil em Santa Luz – Bahia.
Apesar de está localizada próxima ao centro da cidade, é composta por umapopulação carente e aparentemente sem perspectivas. A comunidade é desprovida de serviços básicos como saneamento, pavimentação, unidade básica de saúde, centro de referência de assistência social, área de lazer, segurança permanente, creches ou escolas.
A maioria das pessoas principalmente jovens e mulheres passam o dia com longos períodos de tempo ocioso, fazem rodas de bate-papo, jogos sem sededicar a escola ou ocupação remunerada e sofrem as consequências da ociosidade.
Nesta comunidade moram aproximadamente 150 famílias, em cento e vinte residências, a maioria das famílias é composta em média por seis pessoas, sendo sessenta e dois por cento chefiadas por mulheres. A renda família é baixa e a maioria das pessoas exercem atividades informais e quando empregadas trabalham como...
tracking img