A importancia da eletricidade para a vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1202 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Este trabalho contem o significado de falsos cognatos e expressões idiomáticas e seus respectivos exemplos baseado na tradução do inglês para o português. 

Cognatas e Falsos Cognatas

Cognatas
Você sabe o que são “palavras cognatas”? São palavras que pertencem à mesma família etimológica. Exemplos de palavras cognatas:

pedra – pedreiro
pedra – pedrinha
jornal – jornalistajornal – jornaleiro

Portanto essas palavras que são da mesma família, que têm um mesmo radical, são chamadas de “cognatas”. Acontece que existem palavras que parecem cognatas, mas não são. Por exemplo: “feracidade” parece ter relação com “feroz”, “bravo”, “temível”. Na verdade, “feracidade” significa extrema fertilidade, e “feraz” é prolífico, fértil, ubertoso. Esse substantivo aparece numadas obras-primas de Manuel Bandeira, “O cacto”, do qual se diz que “Era enorme, mesmo para esta terra de feracidades excepcionais”, isto é, de fertilidades excepcionais.
Os chamados “falsos cognatos” muitas vezes nos pregam peças incríveis. Existe uma palavra inglesa, “push”, que muitas pessoas acham que significa “puxar” em português, quando na verdade quer dizer “empurrar”, “pressionar”. A letrada canção “A sombra da maldade”, gravada pelo grupo Cidade Negra, traz uma palavra cuja origem também causa dúvida em muitas pessoas:

… A minha vida muda sempre lentamente como a lua
que dá voltas pelo céu e mexe
tanto com o presente quanto o ausente
eu sei, eu sei, eu sei
Não sou vidente mas sei o rumo do seu coração

Certa vez, uma das questões do vestibular da Fuvest citava a palavra“vidente” e pedia ao aluno que indicasse as palavras cognatas. Muitas pessoas supõem que “vidente” seja da mesma raiz de “vida”, mas na verdade a palavra possui a raiz latina do verbo “ver”.
Vamos ver outro exemplo, agora na canção “The Great Pretender”, gravada por Fred Mercury:

Oh yes I’m the great pretender
Pretending I’m the great pretender
Pretending I’m doing well
My need is such
Ipretend too much
I’m lonely but no one can tell…

O verbo da língua “to pretend” também surpreende muitas pessoas, que logo pensam em “pretender”. Mas “to pretend” quer dizer “fingir”. “Pretender” seria o mentiroso, o fingidor. Por essas e por outras, tome sempre muito cuidado com os falsos cognatos.
 
Falsos Cognatas
Falsos conhecidos, também chamados de falsos amigos ou falsos cognatos, sãopalavras normalmente derivadas do latim que aparecem em diferentes idiomas com ortografia semelhante, e que têm portanto a mesma origem, mas que ao longo dos tempos acabaram adquirindo significados diferentes.
No caso de palavras com sentido múltiplo, esta não-equivalência pode ocorrer em apenas alguns sentidos da palavra. Aqui neste trabalho são considerados falsos cognatos apenas aquelaspalavras que predominantemente ocorrem como tal no inglês moderno. Longe de ser exaustiva, esta lista de falsos cognatos serve apenas para exemplificar o problema com ocorrências comuns e freqüentes. Vejam também nossas páginas sobre ambigüidade léxica (português-inglês e inglês-português), onde muitos falsos sentidos também são apresentados.
É importante também lembrar que é forte a presença devocábulos de origem latina no inglês, sendo que a porcentagem de ocorrência dessas palavras como falsos cognatos em relação ao português é insignificante – menos de 0,1%. Portanto, o iniciante no aprendizado de inglês não deve preocupar-se com qualquer probabilidade de erro ao interpretar palavras do inglês parecidas com palavras do português.

INGLÊS – PORTUGUÊS | PORTUGUÊS – INGLÊS |
Actually(adv) – na verdade …, o fato é que …Adept (n) – especialista, profundo conhecedorAgenda (n) – pauta do dia, pauta para discussõesAmass (v) - acumular, juntarAnticipate (v) – prever; aguardar, ficar na expectativaApplication (n) – inscrição, registro, usoAppointment (n) – hora marcada, compromisso profissionalAppreciation (n) – gratidão, reconhecimentoArgument (n) – discussão, bate bocaAssist (v) –...
tracking img