A importancia da contabilidade para a gestão do agronegócio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3932 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Importância da Contabilidade nas Organizações Populares
Visite o Portal Perito Contador: http://www.peritocontador.com.br
1
A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES
POPULARES: O CASO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL
UTILIZADO NA COOPERATIVA DE SERVIÇOS GERAIS DO
MUNICÍPIO DE BELÉM
Autoria:
Lidiane Nazaré da Silva Dias - lididias@hotmail.com
(*)Marinaldo Silva

Resumo
O presente trabalho se dedica a elucidar as práticas contábeis adotadas por uma
Cooperativa Popular do ramo de serviços situada no Município de Belém, Estado do Pará.
À primeira vista pode parecer algo recorrente e já estudado exaustivamente por
outras pessoas, mas no entanto, nosso propósito está empoder entender como as informações
contábeis são ou podem ser utilizadas por usuários que possuem determinadas limitações,
entre elas a própria escolaridade e a não experiência em lhe dar com uma organização
contábil.
Inicialmente deveremos tratar dos aspectos gerais que envolvem as cooperativas, em
seus aspectos legais e formais, em seguida trataremos dos aspectos contábeis específicos dascooperativas, e finalmente, como estudo de casos, trataremos das práticas contábeis adotadas
na Cooperativa de Serviços Gerais – COOPSEG, do Município de Belém.
Cabe ainda ressaltar que este trabalho está pautado nas práticas de gestão de um
empreendimento popular, onde grande parte do processo foi desenvolvido pelos próprios
cooperados, o que nos remeterá a uma reflexão a cerca dainformação produzida pela
contabilidade e sua compreensão por parte de um usuário particular: pequenos
empreendedores, de baixa escolaridade e compreensão do processo contábil. A Importância da Contabilidade nas Organizações Populares
Visite o Portal Perito Contador: http://www.peritocontador.com.br
2
INTRODUÇÃO
Grande parte dos modelos de sistema de informação contábil conhecidos oudesenvolvidos em nossa literatura, se aplicam a grandes empreendimentos empresariais e
muito daquilo que se utiliza em pequenos empreendimentos, via de regra, se constituem em
adaptações daqueles modelos. Ao nos depararmos com organizações populares, observamos
que tal modelo não atende às necessidades dos seus usuários, visto que não foi construído a
partir das peculiaridades queenvolvem este usuário da informação contábil.
Quando falamos de organizações populares, estamos nos referindo aqueles tipos de
empreendimentos constituídos a partir de determinados segmentos da população, que
possuem a característica de baixa escolaridade, poucos recursos e que não estão inseridos no
sistema formal de emprego, mas que de alguma forma, buscam sua colocação profissional,
atravésdo associativismo, como por exemplo, constituindo cooperativas.
Este estudo objetiva uma verdadeira aproximação entre contabilidade e usuário, neste
caso as cooperativas populares, com um enfoque a COOPSEG, que serviu como base para o
estudo fundamentado na Lei nº 5.764, nas leituras de diversas fontes e através do estatuto da
citada cooperativa, conjuntamente com seus demonstrativos eobservância da sua vida
cotidiana.
Uma das maiores dificuldades encontradas na implementação de um sistema de
informação contábil aplicado a empreendimentos populares, reside no fato de que muito do
que se adota em organizações formais precisa ser adaptado à esta nova realidade, procurando
adequar as informações à capacidade de compreensão dos seus usuários, objetivando com
isso, tornartransparente esses tipos de organizações.
Tal preocupação não visa apregoar tão somente a simplificação da informação
produzida pela contabilidade, mas fundamentalmente objetiva procurar entender às demandas
desses usuários das informações contábeis, para que a contabilidade evolua de uma mera
prestação de contas para um importante instrumento de gestão dessas organizações.
Nesse...
tracking img