A importancia da aplicabilidade prática do ensino de matemática

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2734 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IMPORTÂNCIA E APLICABILIDADE PRÁTICA DA MATEMÁTICA FINANCEIRA
JOSE CARLOS PEREIRA CAVALCANTE

João Pessoa, 30 de Dezembro de 2008.

No dia-a-dia, o ser humano lida com situações que expressam a necessidade de conhecimentos mínimos de matemática financeira. Conceito surgido naturalmente quando o homem despertou a percepção da existência de uma estreita relação entre o tempo e o dinheiro. Aexistência de tábuas mais antigas demonstram um alto grau de habilidade computacional, deixando claro que o sistema sexagesimal posicional já estava estabelecido a muito tempo. Os Sumérios antigo estavam familiarizados com todos os tipos de contratos legais e usuais, inclusive, juros simples e compostos, hipotécas, escrituras de venda endosso. Sobre os juro, um dos primeiros indícios apareceu naBabilônia no ano de 2000 a.c. Em citações mais antigas, os juros eram pagos sob a forma de sementes ou de outros bens. Mas, este conceito tão importante que forma um dos pilares da matemática financeira, não pode ser entendido sem a compreensão de outro conceito tão importante como o é, o caso da porcentagem, pois ambas, mantém estreita relação entre si e com outra importante variável, o tempo. Eeste caso, os juros, são função direta do tempo. As disposições tecnológicas e comerciais de épocas remotas influenciaram procedimentos práticos do cálculo dos juros que persistem até os dias atuais, como é o caso do cálculo dos juros, que está condicionado às práticas de comércio marítmas que geralmente decorriam não menos de um ano para serem concluídas. Estas práticas, vém sendo ajustadasconforme as necessidades surgidas ao longo do tempo, e que acompanham o desenvolvimento tecnológico, visto que este influencia a volatilidade das transações, fazendo surgir a necessidade de práticas de cálculo com base em operações semestrais, trimestrais, bimestrais, mensais, semanais e diárias dessas taxas de juros.
A inovação tecnológica constantemente influencia o aparecimento de novas formas decomércio e novos produtos financeiros, impactando assim, nas formas de crédito e débitos disponíveis no mercado, os processos de depreciação decorrentes da inflação, além de um sistema de rendas certas, antecipadas ou postecipadas, exigiram novas formas de cálculo financeiro, mas que tem a base de seus postulados na teoria dos juros. Atualmente, a disponibilidade de oportunidades de investimentodisponíveis no mercado financeiro fazem surgir uma pergunta crucial em situações de risco e incerteza, Qual o investimento, que disponibiliza maior taxa de retorno a curto prazo, com riscos mínimos? Tal pergunta, revolucionou a história da matemática financeira fazendo surgir outra vertente que é denominada de engenharia econômica. Esta desenvolveu cálculos de análise de investimentos, aplicandogradientes aritméticos e geométricos às séries para obtenção de seus respectivos valores futuro e presente. Em tecnologia de ponta no desenvolvimento da matemática financeira e interação com outras áreas, tem-se o desenvolvimento de planilhas eletrônicas e sóftwares que a partir da programação algorítmica de operações matemáticas desenvolvem cálculos e simulações de cenários finceiros para investidores,além das aplicações de cálculos de valores futuros para a obtenção de projeções de populações a partir de amostras conhecidas. Assim, pode-se perceber a importância da matemática financeira na vida diária das pessoas de qualquer raça ou nação.

Bibliografia

ROBERT, Jozsef - A origem do dinheiro, Global Editora - 1982.

IFRAH, Georges - História Universal dos Algarismos - Editora NovaFronteira.

MATTOS, AntonioCarlos M. - O modelo matemático dos juros: uma abordagem sistêmica. Editora Vozes - Ptrópolis.

SMITH, D.E. - History of mathematics - Dover Publications, INC - New York.

HIRSCHFELD, Henrique. Engenharia econômica e análise de custos: aplicações práticas para economistas, engenheiros, analistas de investimentos e administradores. 6ª Ed. São Paulo: Atlas, 1998....
tracking img