A importância do lúdico nas séries iniciais.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1160 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1- INTRODUÇÃO

É possível para o ser humano adquirir e construir o saber através de brincadeiras. Aprendendo a conviver, ganhar ou perder, a esperar sua vez e lidar melhor com possíveis frustrações.Vários estudos vêm comprovando que o desenvolvimento infantil é um processo que depende das experiências anteriores das crianças, do ambiente em que vive e de suas relações com esse ambiente.(MARCELINO, 1987)

Deve-se considerá-la como um sujeito em desenvolvimento que explora as situações e formula significados, assumindo ações.O processo de desenvolvimento ocorre de forma diferente em cada criança e alcança determinados estágios em momentos também diferentes. (MARCELINO, 1987)

Conhecendo os principais estágios do desenvolvimento infantil e a diferença existente entre as crianças épossível estabelecer alguns princípios gerais que orientam a metodologia a ser adotada na execução das atividades da Educação Infantil.Em primeiro lugar, as atividades devem ser centradas nos interesses das crianças e organizadas de modo a respeitar as condições de realização de cada uma delas.E em segundo lugar as atividades da educação infantil serão sempre globalizadas, isto é, não existindohorários para que os objetivos a serem alcançados por um único tipo de atividade, como a hora da linguagem ou da música, etc. (MARCELINO, 1987)

O trabalho organizado seguindo esta metodologia deverá ser definido em conjunto com os professores e equipe técnica de cada unidade, oferecendo um fio condutor para as atividades realizadas com as crianças, garantindo um significado concreto e apossibilidade de um trabalho que integre as diversas áreas de conhecimento. (MARCELINO, 1987)

É relevante resgatar o “lúdico” no contexto escolar, de modo que esse processo trabalhe com a diversidade cultural e desperte a vontade e aprender. Fazer a prática pedagógica a partir das atividades lúdicas nos conduz a pensar em mudanças significativas para o contexto educacional. (MARCELINO, 1987)Segundo VYGOTSKY (1994), a brincadeira possui três características: a imaginação, a imitação e a regra. Elas estão presentes em todos os tipos de brincadeiras infantis tanto nas tradicionais, naquelas de faz-de-conta, como ainda nas que exigem regras. A brincadeira não é um simples passa tempo ela ajuda no desenvolvimento da criança promovendo processo de socialização e descobertas do mundo (MALUF,2003). O jogo pode ser visto como resultado de um sistema lingüístico que funciona dentro de um contexto social; um sistema de regras de um objeto. Através do jogo a criança: libera e canaliza suas energias; tem um poder de transformar uma realidade difícil, propicia condições de liberação de fantasias; é uma grande fonte de prazer; o jogo é por excelência, integrador, há sempre um caráter denovidade, o que é fundamental para despertar o interesse da criança, e a medida que joga ela vai conhecendo melhor, construindo interiormente o seu mundo. Esta atividade é um dos meios propícios á construção do conhecimento.
O jogo nas suas diversas formas auxilia no processo do ensino-aprendizagem, tanto no desenvolvimento psicomotor, isto é, no desenvolvimento da motricidade fina e ampla, bem comno desenvolvimento de habilidades do pensamento, como a imaginação, a interpretação, a tomada de decisão, a criatividade, o levantamento de hipóteses, a obtenção e organização de dados e a aplicação dos fatos dos princípios a novas situações que, por sua vez, acontecem quando jogamos, quando obedecemos a regras, quando vivenciamos conflitos numa competição.(CAMPOS, 2006) “A criança aprendebrincando” é cientificamente comprovada. E o ato de brincar pode ser feito em qualquer lugar, no entanto quando essa criança passa a fazer parte da escola se tornando aluno, a ludicidade fica a margem e muitos professores desvalorizam o lúdico. No brinquedo, exercitamos o que NIETZCHE – (1981) denominou “vontade de poder.” É brincando que a gente se educa e aprende.
Para PIAGET (1976), o jogo...
tracking img