A importância de saber ler e interpretar na formação de um indivíduo de opinião e cidadão ativo na sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2990 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A IMPORTÂNCIA DE SABER LER E INTERPRETAR NA FORMAÇÃO DE UM INDIVÍDUO DE OPINIÃO E CIDADÃO ATIVO NA SOCIEDADE
BARBOSA. Débora Aparecida; DOARTE. Ataíce Borges, e RODRIGUES. Vandrei Paulo

“Uma mentira dita cem vezes,
torna-se um dia verdade.”
(Adolf Hitler)

RESUMO
No presente artigo propusemos uma reflexão, uma indagação e uma compreensão acerca da importância da leitura e dainterpretação de texto na formação de um indivíduo que seja opinativo e ativo na sociedade, uma vez constatado que a maioria dos alunos no final da primeira fase escolar (Ensino Fundamental) ainda não estão totalmente preparados para agir de forma atuante na sociedade. Expusemos os conceitos de ler e interpretar com base em alguns autores e abordamos o método como é trabalhado a leitura e interpretação detextos nas escolas, tanto estaduais e municipais quanto particulares; destacando também que a educação dos indivíduos precisa enfatizar a leitura como via de inclusão social e de melhoria para a sua formação, pode-se perceber o processo de construção e reconstrução do conhecimento em espaços de disseminação de leitura como a escola e a biblioteca. Enfatizamos o objetivo principal deste artigo que é aconscientização da sociedade para a intensificação de ações de incentivo à leitura, pois esta promove o resgate da cidadania, devolve a auto-estima ao promover a integração social, desenvolve um olhar crítico e possibilita formar uma sociedade consciente.
PALAVRAS CHAVE: leitura e interpretação; formação de um cidadão atuante; benefícios da leitura; leitura na escola e; sociedade consciente.INTRODUÇÃO

A sociedade atual caracteriza-se pela busca da informação, do conhecimento. A educação dos indivíduos precisa enfatizar a leitura como via de inclusão social e de melhoria para a sua formação. Percebe-se o processo de construção e reconstrução do conhecimento em espaços de disseminação de leitura como a escola e a biblioteca.
Ler textos que diz a respeito da nossa sociedade, os livrosde literatura que nos permite fantasiar e viajar em um universo diferente criado pelas palavras. E esse prazer é encontrado quando se lê aquilo que se gosta e que te oferece a mágica da criação do conhecimento.
De acordo a entrevista realizada com a professora Maria Emília (perguntas anexos 1) identificamos algumas dificuldades que os professores encontram em sala de aula, como por exemplo afalta de incentivo dos pais para com os filhos e a falta de interesse dos alunos em ler e interpretar um texto, e abordamos a os métodos que são usados pelos professores para superar as dificuldades enfrentadas.

1. CIÊNCIA, ESTRUTURA E ESCOLÁSTICA

No livro “O Discurso” de Michel Pêcheux traz neste capítulo o significado de 'real', como nos deparamos com o real, ele declara que o real não édescoberto e sim encontrado. No domínio da matemática e nas ciências naturais (física, por exemplo) ao resolver uma questão ele “encontrou” o problema e não “descobriu”, enquanto se “perde” o restante.
Trata-se de encontrar o real, independentemente se foi com a ajuda das ciências naturais ou não, os meios de obter esse resultado de forma eficaz levando em conta a esgotabilidade da natureza e também acoerção lógica, para instrumentá-los e dirigi-los aos efeitos procurados. Por exemplo, é “impossível” um indivíduo ser solteiro e casado ao mesmo tempo, nesse espaço discursivo há o funcionamento do discursivo interno, sobre uma proibição de interpretação implicando o uso regulado de proposições lógicas com interrogações disjuntivas (“isto” é X ou não-X?).
O que unifica esses espaçosdiscursivos é uma série de evidencias lógico-práticas, ou seja, um conjunto de preposições suscetíveis de “coisas” que são verdadeiras ou falsas, adquirimos essa 'homogeneidade lógica' de nossa convivência na sociedade e armazenamos essa multiplicidade de pequenos sistemas lógicos portáteis (que vão desde nossa gestão do cotidiano até as 'grandes decisões' como: eu escolho A e não B, etc.) passando por...
tracking img