A importância de manoela amália ferreira para pelotas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 8 (1769 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 7 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A IMPORTÂNCIA DE MANOELA AMÁLIA FERREIRA PARA PELOTAS

Há sem a menor dúvida um toque de universalidade e um caráter épico no affair Manoela e Garibaldi. Como cita o escritor Tabajara Ruas na introdução do romance Garibaldi & Manoela: uma história de amor, de Josué Guimarães (Editora LPM, 2002):

“Conhecemos a história de amor de Garibaldi e Anita: é um conto épico de batalhas e marchas quese espalham por países e continentes e termina tragicamente, debaixo do ribombar de canhões e clarões de incêndios. Pouco conhecemos a história de amor de Garibaldi e Manoela. É essa história que Josué Guimarães nos oferece. É uma história em surdina. Nídia – a mulher de Josué – acha que essa história é um concerto de câmara, delicado e lírico. Eu penso que é apenas uma flauta soprada aocrepúsculo, densa, suave, e com uma tristeza sabiamente disfarçada”

Manoela representa a sublimação de um grande amor, esse é seu grande atributo universalizador. Esse grande amor não concretizado a faz de certa forma a personagem principal de uma tragédia e toca fundo em nossos corações, nós a entendemos, e essa compreensão ultrapassa as barreiras do tempo; gostaríamos que tivesse sido diferente,mas o destino quis o contrário.

PESQUISA
O Interesse por Manoela foi despertado após a leitura do livro ‘A CASA DAS SETE MULHERES’ de Letícia Wierzchowski e da exibição da minissérie adaptada para a TV de Jayme Monjardim. Muito pouco se sabia sobre a Manoela real, e daí decidimos iniciar uma pesquisa investigativa para descobrirmos mais sobre a “Manoela real”.

NASCIMENTO
O 1º. LIVRO DEBATISMO DA MATRIZ DE SÃO FRANCISCO DE PAULA, mantido pela Mitra Diocesana de Pelotas, registra o batismo de ‘Manoela’, filha de Maria Manoela de Meirelles e Francisco de Paula Ferreira, no dia 24 de agosto de 1820, e seu nascimento em 8 de julho do mesmo ano.

MORTE
Tem-se dito, erroneamente, que Manoela morreu aos 84 anos nos idos de 1904, mas esse é mais um dos equívocos sobre sua pessoa.Depois de uma pesquisa infrutífera nos jornais locais da época, seguimos uma pista dada pelo ‘ALMANAQUE GAÚCHO de Zero Hora em 10/04/03 sob o título ‘A Noiva de Garibaldi’, que transcreve uma nota do ‘Almanak Literario e Estatistico do Rio Grande do Sul’ de 1906, segundo a qual a notícia do falecimento de MANOELA AMALIA FERREIRA (seu verdadeiro nome) fora publicada no jornal A TRIBUNA DO POVO deRio Grande no dia 26 de janeiro de 1903. Munidos dessa informação, nos dirigimos à BIBLIOTECA PÚBLICA RIOGRANDENSE na vizinha cidade, onde encontramos o exemplar do jornal dessa data, que registra (grafia da época):

“A digna matrona, ha dias fallecida em Pelotas, a Exma. Sra. D. Manoela Amalia Ferreira, que contava 76 (sic) annos de idade, foi noiva do intemerato José Garibaldi em 1836.D’ella se occupam as Memorias escriptas por Dumas Filho (sic), quando decanta as glorias do extraordinario guerrilheiro. Por não o haver consentido sua familia, a distincta riograndense
não desposou Garibaldi, mas morreu solteira”

De volta a Pelotas, localizamos em nossa BIBLIOTHECA PÚBLICA, nos jornais da época, registros de seu falecimento – mais sucintos e, como era de se esperar, semnenhuma menção à sua ligação a Garibaldi. A OPINIÃO PÚBLICA de 22 de janeiro de 1903 registra a seguinte nota (grafia da época):

“PASSAMENTOS. Contando 83 annos, falleceu hontem, as 3h. da tarde, nesta cidade, a Exma. Sra. D. Manoela Amalia Ferreira, solteira e natural deste estado. A finada residia nesta cidade ha muitos annos e era tia de Miguelito Sanches. O sepultamento, realizado hoje,esteve bastante concorrido. Pezames.”

No CORREIO MERCANTIL de 22 de janeiro de 1903 (grafia da época):
“Fallecimento – Falleceu hontem ás 3h da tarde a Sra. D. Manoela Amalia Ferreira, solteira, com 74 (sic) annos de idade. A finada descendia da familia Paula Ferreira, muito antiga nesta cidade, e era tia do Sr. Miguel Sanchez.”

NOTA: O sobrinho MIGUEL SANCHES (ou SANCHEZ), acima...
tracking img