A importância da psicologia jurídica para os futuros profissionais do direito

 Resenha

A importância da psicologia jurídica para os futuros profissionais do direito
O autor inicia seu texto destacando o aperfeiçoamento do sistema da justiça em todos ossentindo, contudo, ele estima que uma parte dos erros judiciais, está ligada ao desconhecimento de assuntos psicológicos essenciais. Por isso, destaca a necessidade dos profissionais de direito conheceremmelhor o comportamento humano, através da psicologia.
No decorrer do texto é sustentado que psicologia jurídica instrumentaliza o advogado, promotor e juiz, ou seja, cada um em sua função, masque lidam diretamente com conflitos. Pois, os conflitos jurídicos estão diretamente ligados a questões de natureza psicológicas. Daí então passa a citar vários exemplos de conflitos psicológicos quedecaem sobre o direito, como questões de família, por exemplo, que através da separação, divórcio poderá trazer consigo uma grande carga emocional como ódio e desejo de vingança, que se posto emprática, será tratado no direito penal mais adiante, como crime passional.
O autor também destaca a importância de conhecer o comportamento da vítima ( vitimologia ), o porque tipos decomportamentos são mais suscetíveis que outros, aspectos conscientes e inconscientes que levam o lugar da vítima, que mensagem ela emite para seu algoz.
Vários ramos do direito, são citados peloautor, que para um melhor entendimento destes conflitos, a psicologia jurídica é indispensável, tais como: direito penitenciário, já que o preso após ser afastado da sociedade, a psicologia será umaferramenta fundamental pra reintegrá-lo de volta a sociedade; direito do idoso, que por terem prestados grande serviços a sociedade, também merecem atenção psicológica; os delitos de trânsito, como autilização da psicologia para a preparação dos motoristas ou sua reabilitação; direito civil, como por exemplo, quando a causa da interdição de algum direito seja doença mental ou psicológica; processo...