A IMPORTÂNCIA DA LITERATURA INFANTO JUVENIL NO ENSINO FUNDAMENTAL

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1136 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto







A importância da literatura Infanto juvenil no Ensino Fundamental
É importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, histórias.“escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descobertas e de compreensão do mundo.” (Abramovich,Fanny,2009,p.14). É assim, escutando histórias que a criança é inserida nomundo da leitura, primeiro, através da voz dos pais que a criança tem seu primeiro contato com um texto. Entretanto, como seria uma criança que nunca ouviu histórias? Como ela irá despertar o gosto pela leitura?
Bem sabemos que a leitura visa ao aprimoramento, tanto da capacidade imaginativa quanto da sensibilidade do aluno. Assim como ele vai para a escola aprender cada uma das disciplinas, alinguagem literária também precisa ser aprendida por ele. O aluno é um leitor em potencial que deve ser conduzido numa área em que muitas vezes não conta com o apoio dos pais, sendo a escola o único espaço que possui esse diálogo.
Em síntese, julgo ser primordial para o ensino fundamental a presença da Literatura Infanto juvenil. Não podemos excluir nossos alunos disso, uma vez que uma grandeparte deles são privados disso em casa, e trabalhar com a literatura na escola é uma das melhores oportunidades que temos de formar leitores. No que diz respeito a isso, a leitura precisa se transformar num ato de prazer e não ser um mero exercício formal. Para tal, o caminho deve se iniciar com o despertar da curiosidade na criança. Nesse aspecto, o papel do professor é de extrema relevância.
Porisso, a literatura Enquanto Juvenil precisa tomar de fato, o lugar que lhe é devido nas escolas, sobretudo quando se trata do ensino fundamental.

Para Abravomich, (2009), a arte de contar histórias é uma das maneiras eficazes da criança ser inserida na aprendizagem, pois para ela “ ler histórias para crianças, sempre... é poder sorrir, rir com as situações vividas pelas personagens[...]”.(p.14).
A autora afirma que é ouvindo histórias que se pode sentir emoções importante, como a tristeza a raiva, a irritação, o bem estar e tantas outras mais, e viver tudo o que as narrativas provocam em quem as ouve (idem). Toda criança gosta de ouvir histórias, principalmente quando bem contada, a forma do professor conduzir a leitura que prenderá a atenção da criança. “É através duma história que sepodem descobrir outros lugares, outros tempos, outros jeitos de agir e de ser, outra ética... é ficar sabendo história, geografia, filosofia, política, sociologia,...( Abramovich, 2009, p.14,15). Por isso, é de suma importância que as escolas trabalhem a literatura nas salas de aulas, pois há varias opções de gêneros na literatura, como os contos, os contos de fadas,as fábulas, as lendas,osmitos e etc, que são boas estratégias para conduzir o aluno a desenvolver o gosto pela leitura.
Os contos é um tema de grande aceitação entre as crianças, que desperta interesse, envolvimento e participação dos mesmos, tal como a autora ressalta que o destino da narração de contos é o de ensinar a criança a escutar, a pensar e a ver com os olhos da imaginação (Abramovich,2009).
A autora ressaltao porquê dos contos serem tão interessantes para as crianças “os contos de fadas estão envolvidos no maravilhoso, um universo que detona a fantasia, partindo sempre duma situação real, concreta, lidando com emoções que qualquer criança já viveu” [...] ou seja “ por lidar com conteúdos da sabedoria popular, com conteúdos essenciais da condição humana, é que esses contos de fadas são importantes atéhoje”[...] (p.88).
Através deles o professor consegue trabalhar alguns conflitos do cotidiano dos alunos, bem como buscar as soluções para os mesmos, procurando encontrar respostas para aquilo que não está bem.
De acordo com Abramovich, (2009) os contos de fadas falam dos medos secretos, de amor eterno, de como é difícil ser criança, sublinham as carências, destacam as auto descobertas,...
tracking img