A IMPORTÂNCIA DA COMPUTAÇÃO NA ECONOMIA

Autor: David Ricardo Colaço bezerra



1. INTRODUÇÃO

A ciênciaeconômica dominante trabalha com o conceito de agente representativo racional. A realidade compreendida a partir de tal conceitolimita fortemente o entendimento das relações econômicas entre os indivíduos.

O paradigma de maximização deutilidade, a partir de uma capacidade ilimitada do agente em compreender e processar todos os aspectos da realidade relevante para setomar uma decisão está cada vez mais caindo em descrédito, pois já não responde determinadas demandas teóricas. A teoriadominante, ou seja, a teoria neoclássica, está perdendo espaço para ideias que tentam incorporar a complexidade das relações emsuas análises.

Qualquer campo do conhecimento precisa relacionar-se com outros a fim de que amealhe algum tipo deprogresso qualitativo. A mudança de paradigmas em uma ciência não prescinde de uma interdisciplinaridade com outras, que podemlhe auxiliar na mudança de visão sobre determinados objetos e também, na forma de operacionalizar as medidas sobre asvariáveis que se quer analisar.

A Teoria da Complexidade serve à Teoria Econômica no que se refere à consideração de um [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2013, 02). A importância da informática na economia. TrabalhosFeitos.com. Retirado 02, 2013, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/a-Import%C3%A2ncia-Da-Inform%C3%A1tica-Na-Economia/584073.html

MLA

"A importância da informática na economia" TrabalhosFeitos.com. 02 2013. 2013. 02 2013 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/a-Import%C3%A2ncia-Da-Inform%C3%A1tica-Na-Economia/584073.html>.

MLA 7

"A importância da informática na economia." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 02 2013. Web. 02 2013. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/a-Import%C3%A2ncia-Da-Inform%C3%A1tica-Na-Economia/584073.html>.

CHICAGO

"A importância da informática na economia." TrabalhosFeitos.com. 02, 2013. Acessado 02, 2013. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/a-Import%C3%A2ncia-Da-Inform%C3%A1tica-Na-Economia/584073.html.