A importância da brinquedoteca na educação infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 14 (3430 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO
Formação de Professor/Tutor para Educação a Distância







A Importância da Brinquedoteca na Educação Infantil





PATRÍCIA GENOVA

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) para obtenção do título de especialista em Psicopedagogia.Orientador: Profª Siderly do Carmo Dahle de Almeida




SÃO CARLOS
2010






A Importância da Brinquedoteca na Educação Infantil








PATRÍCIA GENOVA


RESUMO


Os benefícios da infância bem vivida e a importância do brincar para crianças constituem um consenso entre vários especialistas, assim o artigo pretende mostrar como as brinquedotecaspodem ser aproveitadas para promover o aprendizado do aluno, aliando o lúdico com o aprendizado e vice versa.

PALAVRAS CHAVE: Educação Infantil, Brinquedoteca


INTRODUÇÃO

Com a Declaração Universal dos Direitos das Crianças, entre vários direitos, deu-se especial atenção para o direito de brincar.Nele,assim como em vários documentos como os Referencias Curriculares Nacionais de EducaçãoInfantil é apresentado de forma bem clara que o direito da criança de desfrutar jogos e brincadeiras deverá estar, de alguma forma, ligada a educação. A declaração foi construída a partir do consenso de vários países com o objetivo de garantir que em qualquer lugar do mundo, a criança recebesse atenção e tivesse um ambiente propicio para construção da sua personalidade. O que, mesmo depois de suapromulgação, não aconteceu em vários lugares do mundo.
Foi ratificado por mais de 190 países a carta magna dos direitos das crianças em novembro de 1989. Ainda na década de 1990 hove várias denúncias de trabalho infantil em países como Índia, Somália e outros países subdesenvolvidos e também aqui no Brasil.
No Brasil, existem vários projetos para tentar diminuir esta prática. Sendo que a Lei8069 que dispões sobre os Direitos da Criança e do Adolescentes foi promulgada somente em 13 de julho de 1990.


16. O direito à liberdade compreende os seguintes aspectos: I - ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços comunitários, ressalvadas as restrições legais; II - opinião e expressão; III - crença e culto religioso; IV - brincar, praticar esportes edivertir-se; V - participar da vida familiar e comunitária, sem discriminação; VI - participar da vida política, na forma da
lei; VII - buscar refúgio, auxílio e orientação.




Embora tenhamos evoluído, ainda enfrentamos, no Brasil, muitas questões sociais. O desrespeito a esses direitos está intrinsecamente relacionada a pobreza. Ainda é noticiado por jornais famílias quecolocam seus filhos para trabalhar com cinco anos ou menos a fim de aumentar a renda familiar, privando os assim de aproveitarem sua infância.
No trabalho realizado pelo Instituto de Estudos e Trabalhos da Sociedade em 2004, foi mostrado um perfil preocupante aqui no Brasil, como podemos perceber no quadro abaixo:
Esse quadro acima demonstra o numero de crianças trabalhando 14 anosdepois da promulgação da Lei 8069. Infelizmente somente leis não resolvem o problema, faz-se necessário envolvimento de toda sociedade para denunciar abusos e desrespeito aos direitos da criança.
Contundo o foco é mostrar a importância dada ao brincar. Desde 1959 a ONU(Organização das Nações Unidas) através da Declaração dos Direitos das Crianças já lhe assegurava tal condição. Desde entãovários especialistas, das mais diversas áreas tem comprovado por pesquisas o papel das brincadeiras no desenvolvimento intelectual de meninos e meninas.
E um de seus vários estudos sobre o desenvolvimento infantil, Vigotsky garantiu que o faz de conta das brincadeiras ajuda as crianças a resolverem conflitos internos, levando em conta que a mesma elabora hipóteses e cria soluções para...
tracking img