A importância da anatomia na psicologia

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA
FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE
CURSO DE PSICOLOGIA



ROSIANA ALVES






A IMPORTÂNCIA DA ANATOMIA NA PSICOLOGIA








BELO HORIZONTE
2012


RESUMO


Deve conter objetivos do estudo, métodos, resultados e conclusões.




























Palavras-chave:




SUMÁRIO



|1 |INTRODUÇÃO| |
| | | |
|2. |Corpo x Mente: Uma perspectiva Histórica | |
|2.1 | Relações entre as funções cognitivas e o cérebro| |
|2.2 |Doenças Psicossomáticas e Somatopsíquicas. | |
|2.3 |Hormônios que afetam o comportamento psíquico | |
|3 |CONCLUSÃO| |
| | | |
|4 |BIBLIOGRAFIA | |
| | | |1 - INTRODUÇÃO
Muito se discute no ambiente informal das salas de aula na faculdade sobre a real necessidade do estudo da anatomia num curso de psicologia. Afinal de contas, se o psicólogo trata da mente (algo que no senso comum é impalpável e, por isso mesmo, impossível de ser tratado cientificamente), não seria a anatomia uma disciplina deslocada de contexto? Uma vez que a anatomiadisseca algo tão concreto como é o corpo humano, não bastaria a ela figurar apenas em cursos que tratam da saúde física do homem? Para utilizar a própria etimologia da palavra anatomia, seria necessário realmente “cortar em partes” um corpo humano para tentar achar em alguma delas um resquício que seja dessa coisa abstrata e quase incompreensível que é a mente? Enfim, não seria uma total perda detempo estudar cabeça, pescoço, tronco e membros quando o que realmente interessa ao psicólogo é investigar os mistérios que se escondem na profundeza da alma humana?
Este estudo visa mostrar a insensatez das perguntas formuladas anteriormente. Com este trabalho, buscaremos comprovar a relevância que a anatomia tem, não só como uma disciplina aparentemente intrusa no curso de graduação de Psicologiacomo também na vida profissional de um bom psicólogo. Nas próximas seções, elencaremos as várias relações existentes entre a Anatomia e a Psicologia. Para isso, procuraremos primeiramente entender a perspectiva histórica do pensamento humano a respeito do corpo e da mente. A seguir, analisaremos as últimas descobertas que vinculam aspectos dos processamentos cognitivos com áreas específicas docérebro humano. Logo após, exemplificaremos como doenças físicas podem afetar o comportamento humano (as chamadas doenças somatopsíquicas), e vice-versa, como emoções e sentimentos desequilibrados podem levar a doenças físicas (doenças psicossomáticas). E finalmente, procuraremos demonstrar como os hormônios podem alterar as condições psicológicas do indivíduo.
A metodologia adotada para a elaboraçãodeste trabalho foi a da pesquisa bibliográfica, cujas fontes encontram-se listadas na seção final deste estudo.
Com este trabalho buscaremos ser capazes de demonstrar o que afirma Sternberg R. J. no capítulo 2 de seu livro Psicologia Cognitiva: “Os psicólogos cognitivos estão particularmente preocupados em como a anatomia (as estruturas físicas do corpo) e a fisiologia (funções e processos do...
tracking img