A imagem no ensino da arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5661 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
367

A LEITURA DA IMAGEM NO ENSINO DA ARTE E A PERSISTÊNCIA DA RELEITURA
Consuelo Alcioni B. D. Schlichta - UFP

Resumo O presente trabalho examina o acentuado destaque dado à dimensão metodológica, à prática ou a forma de ensinar enquanto o conteúdo continua a desempenhar um papel secundário no processo ensino-aprendizagem da arte na escola. Por consequência, pretende-se problematizar: oque é imagem e, contraditoriamente, destinando-se ao objeto de leitura nas aulas de Artes Visuais, um papel ou um lugar de menor importância, que década viu nascer esse forte interesse pelo texto não verbal? Em outras áreas, isso também ocorreu? Há uma aproximação, no que se refere à leitura da imagem em outros campos de conhecimento, a exemplo da História ou Língua Portuguesa, e a sua abordagem nasaulas de arte? O que impulsiona os educadores em arte: o uso da imagem ou das novas propostas metodológicas? Palavras-chave: imagem; leitura de imagem; o que ensinar; as formas de ensinar.

Abstract The present work aims at examining why methodological dimension, practice or art teaching methods are considered more important than contents, which continue to play a secondary role in theteaching-learning process. Consequently, we intend to question: what an image is and why, contradictorily, the object of reading in the Visual Arts classes is relegated a lesser important role. Which decade saw the birth of such strong interest in the non-verbal text? Did it also happen in other areas? Is any kind of image reading also used in other knowledge areas, such as History and Portuguese, with asimilar approach as that of art classes? What moves art teachers: the use of image itself or the new methodological proposals? Key-words: image; image reading; what to teach; teaching methods.

O problema fundamental que se coloca aqui, em contraste com o acentuado destaque dado à prática de releitura, é o exame dos porquês da posição superior da dimensão metodológica: as formas de ensinar emrelação ao conteúdo, que continua a desempenhar um papel secundário no processo ensino-aprendizagem da arte na escola. O maior desafio, nesse sentido, é pensar o como fazer a leitura da imagem, um velho problema do passado que permanece no presente: por que a prática da releitura proposta por Ana Mae Barbosa (1991), amplamente assimilada pela maioria dos educadores em arte, muitas vezes, reduziu-sea cópia de obras de arte? Será que o equívoco se deve a uma leitura aligeirada da Abordagem Triangular (1991)? Será que mais uma vez pressionados pela necessidade de

368

respostas à práxis cotidiana, os educadores em arte só viram na releitura seu valor pragmático? E a leitura? É a imagem, dando-nos conta de seu poder, memória e fabulação? Enfim, asfixiados por um insípido ensino daslinguagens artísticas focado nas técnicas servem-se da imagem como antídoto de todos os males? Diante duma realidade que não nos dá tempo para analisar bem as possibilidades oferecidas vislumbram na imagem (ou na releitura?) a fonte de uma práxis qualitativamente diferente? O que, de fato, impulsionou os educadores em arte? Daí a importância da investigação teórico-metodológica da práxis cotidiana, deexaminar criticamente também as concepções que sustentam a leitura e a releitura da imagem. Perguntar: o discurso crítico sobre a posição hierarquicamente inferior da arte, do seu ensino tecnicista, alavancou uma transformação que reposiciona e revaloriza o conteúdo subsumido na prática cotidiana, por vezes totalmente esquecido? Embora uma nova roupagem, é apenas um caso de mudança de metodologia,por conta de velha crítica ao ensino “conteudista”, ainda se mantendo o mesmo entendimento de criatividade como sinônimo de espontaneidade? A proposta teórico-metodológica contribui à resolução do permanente problema do acesso aos bens culturais, principalmente dos alunos da escola pública? Ou ainda impera o “desenho livre” e a atuação do professor continua atrelada a prática de colorir...
tracking img