A imagem da mulher nos poemas “por que não?” e “cântico da mulher sem terra” de marilza ribeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5571 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CACERES
INSTITUTO DE LINGUAGEM
DEPARTAMENTO DE LETRAS

WILTON ORTEGA DE SOUZA

A IMAGEM DA MULHER NOS POEMAS “POR QUE NÃO?” e “CÂNTICO DA MULHER SEM TERRA” DE MARILZA RIBEIRO

CÁCERES – MT

2012/1
WILTON ORTEGA DE SOUZA

A IMAGEM DA MULHER NOS POEMAS “POR QUE NÃO?” e “CÂNTICO DA MULHER SEM TERRA” DE MARILZA RIBEIROMonografia apresentada ao Departamento de Letras para obtenção parcial do título de licenciado em Letras pela Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT, sob a orientação da Profª. Drª. Olga Maria Castrillon-Mendes.

CÁCERES – MT

2012/1
WILTON ORTEGA DE SOUZA

A IMAGEM DA MULHER NOS POEMAS “POR QUE NÃO?” e “CÂNTICO DA MULHER SEM TERRA” DE MARILZA RIBEIRO_________________________________________________________
Profª Drª. Olga Maria Castrillon-Mendes
Orientadora
Departamento de Letras – UNEMAT



_________________________________________________________
Profª Ms. Edson Flávio Santos
Convidado
Mestrado em Estudos Literários – PPGEL/UNEMAT__________________________________________________________
Profº Drª. Ana Lúcia Gomes da Silva Rabecchi
Convidada
Departamento de Letras – UNEMAT

Aprovado em.....de...................de 2012

Aos meus pais, Aparecido DomingosOrtega e
Augusta Ruiz Ortega que muito contribuíram Para esta Vitória.

AGRADECIMENTOS

A Deus, por dar vida e proporcionar esse momento, dando inteligência, sabedoria e força nesta caminhada.
A meus pais e a minha noiva Miriam Gomes que souberam acompanhar-me em todas as fases desta pesquisa, oferecendo-me incentivo e compreensão nos momentos de dificuldades e também por acreditar no meupotencial.
À professora Dra. Olga Maria Castrillon-Mendes e também meu co-orientador Prof. Mestre Edson Flávio, pelos momentos de orientação e diálogos teóricos importantes para a conclusão desta pesquisa.
Aos meus colegas de curso que me incentivaram a seguir junto nesta conquista. Em especial, Jairo, Francieli e Tulivan.
Aos professores do Curso de Letras pelos momentos preciosos de reflexãosobre a linguagem.
A todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para realização desta pesquisa e ao longo do curso.
À Universidade do Estado de Mato Grosso pelo compromisso social em formar profissionais que possam contribuir para a construção de uma sociedade melhor.

O senhor é meu pastor, e nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos; Guia-me mansamente a águas tranquilas;Refrigera a minha alma. Guia-me pelas veredas da justiça pelo amor de seu santo nome. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte não temerei mal algum, pois tu estás comigo; tua vara e teu cajado me consolam. Prepara uma mesa diante de mim e na presença de meus inimigos, unges minha cabeça com óleo meu cálice transborda. Certamente que a bondade e misericórdia estarão comigo por todos os dias daminha vida; e habitarei por longos dias na casa do Senhor. (Salmo: 23.)

RESUMO

Neste trabalho monográfico proponho analisar a imagem da mulher nos poemas “Por que não?” e “Cântico da Mulher sem terra” do livro Corpo Desnudo de Marilza Ribeiro. Nosso objetivo é compreender como a autora utiliza a figura feminina com a intenção de fazer denúncias a respeito da imagem distorcida que asociedade lhe imputa. Assim nos ancoramos na teoria de Alfredo Bosi sobre a evocação da imagem como sensações do espírito (BOSI, 2000); Jean Paul Sartre, principalmente, a perspectiva sobre o engajamento social do escritor (SARTRE, 1989) e o livro Estudo analítico do poema (ANTONIO CANDIDO, 2006). Em síntese podemos perceber pela análise que a autora está comprometida com questões sociais e que apesar...
tracking img